Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

PTDC/CTM-CTM/29742/2017

PTDC


Código da Operação:
POCI-01-0145-FEDER-029742

Acrónimo: POLYCEL

Referência: PTDC/CTM-CTM/29742/2017

Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Título: Novos copolímeros de base celulose através de técnicas de polimerização controlada

Área Científica: Materials Engineering

Síntese do Projeto: Este projeto visa o desenvolvimento de novos materiais termoplásticos de base celulose, com potencial utilização em embalagens biodegradáveis. O projeto está fortemente alinhado com a Estratégia de investigação e inovação para uma especialização inteligente (ENEI) no domínio prioritário da Floresta, nas áreas de atividade Produção Sustentável de Matérias-primas e Materiais Derivados da Floresta e Reutilização de Resíduos, no domínio prioritário do Habitat na área de atividade Novos materiais/Materiais Avançados e no domínio prioritário de Materiais e matérias-primas, nas áreas de atividade Aplicação de Novos Materiais em Indústrias Tradicionais, Aplicação de Tecnologias Avançadas e Matérias-primas e Materiais e Produção Sustentável de Matérias-primas e Materiais Derivados da Floresta. O projeto está fortemente alinhado com a Estratégia Regional de Especialização Inteligente (EREI), pois segue a linha de ação 1.1 Desenvolvimento de Processos, Materiais e Sistemas sustentáveis de Maior Valor Acrescentado para a Região, na plataforma de inovação Soluções Industriais Sustentáveis e a linha de ação 2.3 Desenvolvimento de Produtos, Processos e Serviços com Vista à Dinamização das Cadeias de Valor Associadas aos Recursos Naturais Endógenos na plataforma de inovação Valorização de Recursos Endógenos. Por último, pretende-se responder ao desafio societal Ação Climática, Ambiente, Eficiência de Recursos e Matérias-Primas previsto no Horizon2020. Adicionalmente, a equipa de investigação responsável por este projeto pertence ao CEMMPRE, pertencente ao Cluster de Competitividade - Engineering and Tooling (POOL-NET), o que permitirá divulgar os resultados a nível internacional de uma forma mais eficaz.
Este projeto pretende valorizar a celulose, um recurso natural endógeno em Portugal, em especial na região Centro, para desenvolver novos materiais de maior valor acrescentado. A celulose, o recurso natural renovável e biodegradável mais abundantemente encontrado na natureza, é uma matéria-prima de grande interesse para a preparação de polímeros biodegradáveis. No entanto, para competir com os atuais polímeros termopláticos é fundamental introduzir processos de plastificação da estrutura da celulose. A polimerização graft (por enxerto) da celulose é um método eficaz para a modificação deste biopolímero, o que resultará em modificação da estrutura da celulose. O grande entrave ao desenvolvimento deste processo é a inexistência de um solvente ambientalmente compatível e que dissolva eficazmente a celulose. Neste contexto, propomos o desenvolvimento da síntese de novas misturas eutéticas que nos permitam dissolver eficazmente a celulose, para posteriormente explorar técnicas avançadas de polimerização, tais como polimerizações radicalares controladas/vivas e polimerizações por abertura de anel. Por esta via será possível obter novos materiais de celulose ambientalmente compatíveis e biodegradáveis, com caraterísticas termoplásticas.

Investigador Responsável: Doutor Arménio Coimbra Serra

Programa de Financiamento: PT2020 – SAICT –PTDC/ICDT

Instituição Financiadora: FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Data de início: 26-07-2018

Data de conclusão: 25-07-2021

Instituições participantes no Projeto: Universidade de Coimbra (Proponente)

Custo total elegível (EUR): 229.310,87€

Apoio financeiro da UE: 194.914,24€

Apoio financeiro público nacional: 34.396,63€

Técnico do Projeto: Vera Gomes

Contacto: 239 247 015