Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO
Destaque

DIA DA UNIVERSIDADE | O DOCUMENTO DE D. DINIS | VISTO À LUPA

“[...] E os que a ele vierem hão-de encontra-Nos, nas circunstâncias oportunas, tão benevolente, que possam e se sintam obrigados a depositar confiança no apoio da Dignidade Real [...]”
1 março
O DOCUMENTO DE D. DINIS | VISTO À LUPA
© Arquivo da Universidade de Coimbra

APRESENTAÇÃO

A fundação régia da Universidade, em Portugal, fica confirmada por este diploma do Rei D. Dinis, datado de Leiria, em 1 de março de 1290, considerado como Um Documento Precioso, nas palavras do Doutor António de Vasconcelos que o deu a conhecer pela primeira vez em 1912.

Envolta em algum mistério, a forma como foi localizado em Viseu e como pôde ali conservar-se por tantos séculos, não deixa de ser enigmática. A validação do documento é feita com o selo régio de autoridade, num exemplar de cera, suspenso por trancelim de fios de cor azul e branca.

Este notável diploma forma, juntamente com a súplica de diversos prelados, redigida em 12 de novembro de 1288, em Montemor-o-Novo, dirigida ao Papa, para que se anexasse uma parte das suas rendas eclesiásticas ao Estudo Geral de Lisboa, a confirmação da existência do Studium Generale nesse período.

No entanto, só a Bula do Papa Nicolau IV, De statu regni Portugaliæ, datada de Orvieto, em 9 de agosto de 1290, é que concede a aprovação da fundação régia.

Para saber mais sobre o documento, carregue aqui.

Para ver o vídeo diretamente no Canal Youtube do AUC, carregue aqui.

Para dar a sua opinião sobre esta iniciativa, carregue aqui.