Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Unidades Curriculares Isoladas

A Universidade de Coimbra faculta em cada ano letivo o regime de frequência de unidades curriculares isoladas, constantes dos planos de estudo dos seus ciclos de estudo de licenciatura, mestrado e doutoramento (1.º, 2.º ou 3.º ciclo) bem como de cursos não conferentes de grau.



unidades_isoladas

Funcionamento



[1.] Os estudantes admitidos à frequência de unidades curriculares isoladas ficam sujeitos às regras de funcionamento das mesmas, podendo optar pela concretização ou não do regime de avaliação.

[2.] O regime de avaliação é obrigatório caso seja pretendido, em caso de aprovação, a emissão de certificado com menção da classificação obtida.

[3.] A frequência de unidades curriculares isoladas, mesmo com aproveitamento, não dá direito ao reconhecimento da titularidade de parte ou do todo dos cursos em que as mesmas se integrem.

[4.] As unidades curriculares referidas no número anterior são obrigatoriamente creditadas nos termos da lei, caso o seu titular tenha ou venha a adquirir o estatuto de estudante de um curso da Universidade de Coimbra.

[5.] A frequência das unidades curriculares isoladas por parte de estudantes da UC é discriminada no Suplemento ao Diploma que venha a ser emitido.

[6.] A frequência das unidades curriculares isoladas é sujeita a pagamento, variável por unidade curricular e/ou unidade orgânica, discriminado na candidatura.

Condições específicas de cada Unidade Orgânica

Como fazer a Candidatura ?



A candidatura processa-se da seguinte forma:

[1.] Para os estudantes ou antigos estudantes da UC com acesso ao sistema Inforestudante, a candidatura é feita a  partir do link "Candidaturas Disciplinas Isoladas" do menu lateral.

[2.] Os candidatos devem selecionar todas as edições pretendidas, anexar os documentos necessários e submeter a candidatura.

[3.] As pessoas externas podem fazer um pré-registo para aceder ao Inforestudante.

[4.] O pagamento das unidades curriculares apenas ocorre no caso de a candidatura ser aceite e o estudante efetuar a inscrição nas respetivas unidades curriculares.

Quais os prazos para a Candidatura?



Os prazos de candidaturas à frequência de unidade(s) curricular(es) isolada(s) são definidos por despacho reitoral previamente ao início do cada ano letivo, sendo tipicamente os seguintes:

  • 1º Período de candidaturas: De 31 de agosto até 20 de setembro, para unidades curriculares do 1º semestre e anuais.
  • 2º Período de candidaturas: apenas para unidades curriculares do 2º semestre de 15 de dezembro a 15 de janeiro.

Não é possível repetir a candidatura no 2º período a unidades curriculares que já tenham sido sujeitas a candidatura no 1º  período.

E se passar o prazo de candidatura?

Se pretende efetuar uma candidatura após os prazos anteriores, poderá efetuar uma candidatura fora do prazo, mediante o pagamento do emolumento e caso ainda existam vagas nessas unidades.

  • Aceda ao InforEstudante e clique em "Balcão Académico » Requerimentos".
  • Selecione o tipo de pedido [Candidat@s] Candidatura a Unidades Curriculares Isoladas, fora de prazo, leia as instruções e siga as orientações fornecidas.

TOMAR NOTA

[1.] O pagamento do emolumento é para a apreciação de condição excecional ou incumprimento de prazo, e portanto, não garante a decisão de deferimento/aceitação e não isenta de pagamento da inscrição nas unidades curriculares isoladas que possam vir a ser aceites.
[2.] Caso esteja à espera de decisão sobre um requerimento, de não prescrição ou para exceder ECTS, por exemplo, cabe ao Estudante decidir se realiza ou não a candidatura para assegurar que pode vir a frequentar a unidade curricular, caso o pedido não seja atendido. A candidatura não é paga.

Seriação

 

Cada Unidade Orgânica pode definir, anualmente, as unidades curriculares em que, no ano letivo seguinte não é possível a aplicação deste regime ou aquelas em que o mesmo é condicionado, definindo, nesse caso, as respetivas restrições designadamente (número de vagas, formação prévia ou outras condições especiais de acesso, impossibilidade de candidatura fora de prazo).

  • A candidatura a unidades curriculares isoladas que inicialmente não se encontrem condicionadas, pode não ser aprovada caso as turmas fiquem lotadas com a inscrição dos estudantes regulares.

Condições gerais de acesso



Podem candidatar-se à frequência de unidades curriculares isoladas os estudantes inscritos em cursos do ensino superior ou outros interessados desde que maiores de 16 anos.

Nem todas as unidades curriculares aceitam candidaturas por este regime e algumas estão sujeitas a condições de admissão.
Não são elegíveis as unidades curriculares dissertação/relatório de estágio/trabalho de projecto/seminário de tese/ tese.

  • Não são admitidas inscrições em unidades curriculares que não sejam lecionadas no ano letivo da candidatura.

Unidades Isoladas Gratuitas

 

A atualizar brevemente.

Podem, as Unidades Orgânicas, não aprovar candidaturas a unidades curriculares isoladas que inicialmente não se encontrem condicionadas, caso as turmas fiquem lotadas com a inscrição dos estudantes regulares.

  • Esta candidatura ocorre no momento de inscrição anual no ciclo de estudos.