2021

Morais, C., “Antígona en una clínica psiquiátrica: un mosaico de citas y referencias en Escura primavera (2018), de A. Roma Torres”, CLASTEA V – Congrès international sur la réception des modèles antiques dans le théâtre ibérique, ibéro-américain et francophone. Identités: représentations, constructions et déconstructions. Clermont-Ferrand, 9 de dezembro de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “Lucrécia e Túlia: construindo modelos identitários femininos em Roma”. Organização do Mestrado em Literatura Comparada e projeto Rome our Home: (Auto)biographical Tradition and the Shaping of Identity(ies) (PTDC/LLT‑OUT/28431/2017), Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra. Universidade de Évora, 22 de abril de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “De Hércules a Clélia: lendas fundacionais da Roma Antiga”. Organização do projeto Rome our Home: (Auto)biographical Tradition and the Shaping of Identity(ies) (PTDC/LLT‑OUT/28431/2017), Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra. Universidade de Coimbra, 2 de março de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “Ecos da questão israelo‑palestinense em «Samson and Delilah» de Cecil B. DeMille (1949)”, Ciclo de Conferências do CH-ULisboa «Mr. DeMille, I’m ready for my close up!» Representações da Antiguidade no Cinema. Universidade de Lisboa, 26 de outubro de 2021

Rodrigues, N. S. (2021), “Salamina, Gregos e Persas em BD: Protótipos, Estereótipos e Heterótipos”, Conference in Classics & Ancient History. Universidade de Coimbra, 22-25 de junho de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “As Electras de João Canijo”, VI Congreso Internacional de Historia, Literatura y Arte en el Cine en Español y Portugués – CIHALCEP 2021. Universidade de Salamanca, 21-25 de junho de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “Ecos da Mitologia Grega em «The Man who knew too Much» de Alfred Hitchcock (1934 e 1956)”, XVI (I) Congreso de Novela y Cine Negro: (Re)Escrituras en Negro. Universidade de Salamanca, 18-21 de maio de 2021.

Rodrigues, N. S. (2021), “Iphigenia among the Taurians, a homeless Iphigenia”, simpósio Theatre through the Times, no âmbito do Congresso Internacional XII Conference in the memory of V. F. Semenov «Home in historical discourses from Antiquity to the Early-Modern Period». Moscow Pedagogical State University, 20 de março de 2021.

Silva, M. F. (2021), “Penélope, tradição e surpresa. De Homero a Konchalovsky”, sessão do ciclo Mito e Movimento, organizado pela UFMG, fev. 2021.

Silva, M. F. (2021), “A arte de reformular os mitos. Ivo de Castro Oliveira, A família de Electra”, NEAM, organizado pela UFMG, fev. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Duas ‘traduções’ livres de Sófocles: J. Anouilh, Antigone, H. Correia, Perdição”, II Colóquio de Tradução de Teatro, UFMG, mar. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Eça de Queirós e os Clássicos. Os Maias: ‘romance de família com laivos de tragédia”, APLG, Coimbra, mai. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Stoklos, Des-Medéia”, sessão lecionada num seminário de Recepção de Medeia – UFMG, ago. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Os Clássicos e a Recepção Contemporânea”, conferência de abertura do II Congresso de Estudos Clássicos da Universidade Presbiteriana MacKenzie, São Paulo, out. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Desmesura de Hélia Correia: a arte de reescrever uma história célebre”, III Jornadas de Estudos Clássicos, Escola Domingos Rebelo, Ponta Delgada, out. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Teatro e resistência. Outrora e agora: ‘Utilidade pública’, o grande mérito dos poetas", XVIII Encontro Interdisciplinar, Univ. Federal do Ceará, nov. 2021.

Silva, M. F. (2021), “O feitiço de Medeia sobre o Brasil do séc. XX”, sessão de apresentação da revista Em Tese: O futuro do passado, organizada pela UFMG, nov. 2021.

Silva, M. F. (2021), “Les Oiseaux d’Aristophane. Version du TEP, de António Pedro”, CLASTEA V, Clermont-Ferrand, Univ. Blaise Pascal, dez. 2021.

2020

Rodrigues, N. S. (2020), «Matar Saudades» de Fernando Lopes (1988), uma «Odisseia» portuguesa entre a tragédia e o drama cinematográfico”, II Jornada Científica Internacional do CIMEEP (Centro Internacional e Multidisciplinar de Estudos Épicos), Universidade de Lisboa, 17-18 de fevereiro 2020.

Silva, M. F. (2020), “Camus e Tucídides. O eterno retorno da História”, II Colóquio Internacional Atualidade dos Clássicos, Univ. Federal do Pará, out. 2020.

2019

Castro Filho, C. Conferência «Campo aberto: reescritas da tradição nas dramaturgias ibéricas contemporâneas», Seminário Permanente CEIS-20, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, 13/03/2019

Castro Filho, C.; Kroll, S. «El Theatro de los dioses y los mitos clásicos en las culturas hispánicas», XXII Deutscher Hispanistentag: Konstellationen – Netze – Transformationen, Freie Universität Berlin, 27-31/03/2019.

Marques, S. (2019), “Encenar peças clássicas na atualidade”, conferência apresentada no âmbito do Ciclo Teatro, cinema e televisão — onde os atores se cruzam com os autores (Instituto de Estudos Académicos Adriano Moreira – Academia das Ciências de Lisboa).

Marques, S. (2019), “Grandes convenções trágicas: o Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett e a tradição clássica”. – Sessão destinada a professores do Ensino Básico e Secundário, incluída na Ação de Formação (acreditada) da APLG: Desfiando o passado — a Antiguidade greco-latina em contínua presença (Escola Secundária Infanta D. Maria - Coimbra).

Marques, S. (2019), “Modern Portuguese Poets and the Greeks: a poetic theory”, in APGRD Seminar Series -Classics and poetry now (St Peter’s College, Oxford).

Marques, S. (2019), Ação de Formação “Revisitar a tragédia grega numa aula de Português: o Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett e a tradição clássica”, in II Jornadas de Estudos Clássicos - Do teatro grego e latino: origens, representações, influências e legado. In memoriam do Professor Doutor Walter de Medeiros (Escola Secundária Domingos Rebelo – Ponta Delgada).

Marques, S. (2019), “Revisiter les Classiques dans le programme de Portugais pour le primaire et le collège: l’ Ulysse de Maria Alberta Menéres”, in 12th Celtic Conference in Classics (Coimbra). - Nogueira, A. (2019), “Influências clássicas na literatura portuguesa renascentista”, in Seminário Um Mundo Novo – Portugal e o Algarve nos Séculos XV e XVI, Tavira.

Seiça Carvalho, A., “El cuerpo sangrante danza - La Medea de Angelin Preljocaj” in Gratuv 2019, 10 e 11 de Outubro.

Seiça Carvalho, A., "Traços de Eros e Mania - o topos da mulher abandonada nas Lettres Portugaises e nas Heroides ovidianas" in Melancholy, Love and Letters International Congress on Soror Mariana Alcoforado (1640-1723), Beja, 15-17 Novembro de 2019.

Silva, M. F. (2019), “A arte de contar muito em pouco espaço. Eça de Queirós, Perfeição (Odisseia), Mário de Carvalho, A inaudita guerra da Avenida Gago Coutinho / Ilíada”, sessão incluída na Ação de Formação (acreditada) da APLG: Desfiando o passado — a Antiguidade greco-latina em contínua presença (Escola Secundária Infanta D. Maria - Coimbra).

Silva, M. F. (2019), “Antígona, um mito sempre ‘contemporâneo’: tema e forma, um processo em evolução”, Tertúlias FESTEA XXI, Cena Lusófona, Coimbra.

Silva, M. F. (2019), “Perfection – the immortal’s default. Eça de Queiroz and Calypso’s island”, 12th Celtic Conference, FLUC, Coimbra.

Silva, M. F. (2019), “Fontes clássicas na Literatura Portuguesa: uma componente didática” - Curso de 25 horas na Escola Portuguesa de Moçambique,

Silva, M. F. (2019), “Eça de Queirós y los clásicos: Correspondência de Fradique Mendes”, Colóquio Internacional Centenario do Museo Arqueológico Juan Miguel Dihigo: originales, copias y versiones, Universidad La Habana, Cuba.

Silva, M. F. (2019), «“O inútil desejo de si próprio” – três leituras do mito de Narciso na Literatura Portuguesa», Congresso Internacional Olhares de Narciso: egotismo e alienação, Universidade de Aveiro.

Silva, M. F., c/ Horster, M. A. (2019), «“Caminhei para Delphos / Porque acreditei que o mundo era sagrado’. Notas sobre a “Delphica” de Sophia de Mello Breyner Andresen», palestra na ANAI.

Silva, M. F. (2019), “Antígona no Portugal do séc. XX: retorno a um paradigma”, Congresso Internacional Revisitar António Sérgio cinquenta anos depois. Jornada Sexta: literatura e crítica literária (Escola Secundária António Sérgio – V. N. de Gaia).

Silva, M. F. (2019), “The Greek myths and their eternal vitality”, I Colloquium Ancient Images from Greece in the New World, Embaixada do Brasil – Atenas.

Silva, M. F. (2019), “The Classics in Portuguese Poetry”, Seminário feito em Oxford (St Peter’s College), dentro do programa de atividades da CAPN.

2018

Castro Filho, C. “Alrededor de Thamar: las marginadas Españas de Lorca y las evoluciones de la tragedia femenina”, VIII Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo, Università degli Studi di Napoli L’Orientale, 19-22/06/2018.

Leão, D. F., 20 de dezembro de 2018 (Coimbra, Universidade de Tempos Livres - ANAI): “António Arnaut: legado clássico na sua produção poética”, no âmbito da Universidade dos Tempos Livres, promovida pela delegação de Coimbra da ANAI.

Leão, D. F., 14 de abril de 2018 (Tavira, Casa Álvaro de Campos): “Quadros de Mitologia Clássica em Os Lusíadas”, palestra partilhada com J.L. Brandão, integrada no Ciclo de Conferências “Os Antigos entre nós”, numa organização do Departamento de Artes e Humanidades da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve.

Marques, S. (2018), “Os clássicos revisitados pela Arcádia Lusitana: o testemunho de Manuel da Costa”, in Congresso CLASTEA IV: clásicos en escena ayer y hoy (Universidade de Santiago de Compostela, Espanha).

Marques, S. (2018), “Simbologia e imaginário da Cultura Clássica na sociedade atual: cinema, literatura e outras artes”. Palestra apresentada no âmbito do projeto Clássicos em rede (Escola Básica e Secundária Dr. Ferreira da Silva – Cucujães).

Nogueira, A. (2018), “Almas em Cinza ou As Troianas do Guadiana”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional CLASTEA IV – Clásicos en escena ayer y hoy, Facultade de Filoloxía, Universidade de Santiago de Compostela.

Nogueira, A. (2018), “A República na Antiguidade e na Contemporaneidade”. Vila Real de Santo António: Arquivo Histórico Municipal.

Nogueira, A. (2018), “A receção da Antiguidade na Contemporaneidade”. XII Jornadas do CIAC – Universidade do Algarve.

Nogueira, A. (2018), “Temas da Antiguidade na música contemporânea”. Palestra inserida no ciclo «Clássicos em Milreu».

Nogueira, A. (2018), “Mitologia na Arte Contemporânea”. Palestra inserida no Ciclo «Os Antigos entre nós», Casa Álvaro de Campos – Tavira.

Silva, M. F. (2018), “Antígona e Creonte, eternos paradigmas. Simone de Beauvoir, L’existentialisme et la sagesse des nationsi”, I Colóquio sobre Simone de Beauvoir, UFRJ (Brasil).

Silva, M. F. (2018), “De novo a guerra de Troia … em Lisboa: Mário de Carvalho, A inaudita guerra da Avenida Gago Coutinho”, Colóquio A Ilíada de Homero e sua recepção na Antiguidade e na Modernidade, Fac. Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Brasil).

Silva, M. F. (2018), “Mulheres ao tear. Tradição grega em Marina Colasanti”, Congresso Internacional Arca de Noé: Catástrofe e redenção, Universidade de Aveiro.

Silva, M. F. (2018), “El arte de esperar. Gloria o cómo Penélope se murió de tedio de Claudia Lucas Chéu”, Colóquio CLASTEA IV. Clásicos en escena ayer y hoy, Santiago de Compostela.

Silva, M. F. (2018), «“Rendición de cuentas”, de Andrés Pociña. Clitemnestra y Agamenón de nuevo frente a frente», Coloquio Internacional La mujer en la literatura greco-latina: imágines y discursos, Universidad Nacional de Rosario, Facultad de Humanidades Artes.

2017

Castro Filho, C. Conferência “O avesso da tragédia: poesia e tradição clássica no teatro de Angélica Liddell”, Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 07/04/2017.

Castro Filho, C. Moderação da conferência de Vasileios Balaskas, “Ancient Greek Drama on the Modern Stage: Constructing National Identity in Greece, Spain and Italy”, Opera in Fieri 2017, Universidade de Coimbra, 28-30/06/2017.

Castro Filho, C. Conferência “Cisso, Thamar y Amnón: herencia clásica y mitología judeocristiana en García Lorca”, Università di Verona (Dipartimento di Lingue e Letterature Straniere), 19/09/2017.

Castro Filho, C. “Mitologización y simulacro en la dramaturgia de Reinaldo Arenas”, Congreso Mitos Prehispánicos y Mitos Clásicos en la Literatura Hispanoamericana, Sapienza Università di Roma, 20-22/09/2017.

Castro Filho, C. “El discurso teatral y los márgenes del canon: la tradición en Sinisterra, Arrabal y Liddell”, VII Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo: canon y margen en las culturas y literaturas hispánicas, Universidad de Cantabria, 21-23/06/2017.

Leão, D. F., 31 de janeiro de 2017 (Carreira, Escola E.B. 2/ 3 Rainha Santa Isabel): “Origens do teatro”, palestra apresentada de parceria com J. L. Lopes Brandão, no no âmbito do projeto Carpe Scholam.

Leão, D. F., 23 de fevereiro de 2017 (Coimbra, Faculdade de Letras): “O mariticídio à luz do direito grego”, no congresso internacional “Clitemnestra: a outra face da guerra”, coorganizado pelo CECH, Università di Foggia, Universidad de Granada, Universitat de Valéncia.

Nogueira, A. (2017), «Monstros Marinhos da mitologia e na arte» – Ciclo de Palestras “A representação do monstruoso na literatura e outras artes”. Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa. A 3 de novembro.

Nogueira, A. (2017), “When the Saints are Greek Heroes: Heracles and Saint Anthony of Lisbon”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional «Celebrating Hercules in the Modern World», Leeds University.

Nogueira, A. (2017), Conferência “Os Deuses, os Santos e os seus Caprichos, na Grécia Antiga e em Portugal”, incluída no ciclo «Vozes da primavera», Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2017), “Clitemnestra, mulher, esposa e mãe. Francisco Dias Gomes, Ifigénia”, Colóquio Clitemnestra: a outra face da Guerra, Coimbra, CECH.

Silva, M. F. (2017), “Un bello texto, inédito, de una famosa escritora portuguesa. Hélia Correia, Apodera-te de mim”, Seminário Internacional ‘Las inéditas’, 29-31 de Março, Univ. Salamanca.

Silva, M. F. (2017), “Mário de Carvalho, Pede poena claudo: Para encerrar, a peste”, conferência de encerramento no congresso internacional O conto: o cânone e as margens. Universidade de Aveiro.

Silva, M. F. (2017), “Reciclar Aristófanes nos palcos de hoje”, Colóquio O teatro clássico nos palcos do séc. XXI – A Comédia Antiga, Museu do Teatro Romano de Lisboa.

Silva, M. F. (2017), Curso de 9 horas sobre “Recriando velhas histórias. Mitos gregos e sua recepção”, UNESP, Araraquara, Brasil.

Silva, M. F., c/ Horster M. A. (2017), “Rebelde y (in)conformada: dos lecturas de Medea en Hélia Correia” (com M. A. Horster), Congreso Internacional del Grupo de Investigación Escritoras y Escrituras titulado ‘Ausencias: la reconstrucción del canon literario en Europa y las escritoras’, Facultad de Filología, Universidad de Sevilla.

2016

Castro Filho, C. “El conflicto primordial: desplazamientos del mito en el último Lorca”, VI Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo: conflictos y desplazamientos en las culturas hispánicas, Universidad de Granada, 13-15/06/2016.

Castro Filho, C. “Tradição clássica no último Lorca: matrizes literárias e debate filosófico”, Opera in Fieri 2016, Universidade de Coimbra, 24-25/05/2016.

Leão, D. F., 8 de março de 2016 (Brasília, Museu Nacional – Complexo Cultural da República): conferência “Com Medeia no banco dos réus”, apresentada XIII Seminário Internacional Archai “Medeia(s), entre a filosofia, a retórica e a literatura”, promovido por Cátedra UNESCO Archai, PPGμ–Programa de Pós-Graduação em Metafísica da UnB, PPGFIL–Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFMG, Projeto de Extensão Cine UniCEUB.

Leão, D. F., 16 de março de 2016 (Coimbra, Faculdade de Letras): conferência “O livro do tempo na Alceste de Eurípides: a narrativa passada e suas reescritas”, no congresso internacional “O Livro do Tempo: Escritas e Reescritas”, organizado pelo Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos e pela Rede CLASTEA, envolvendo as Universidades de Aveiro, Granada, Mar del Plata e Rosario, no âmbito da 18ª Semana Cultural da UC.

Leão, D. F., 17 de junho de 2016 (Paris, Institut National d’Histoire de l’Art): “Y a-t-il une limite à la paidotrophia et à la gerotrophia ? Une approche légale de l’Alceste d’Euripide”, confereência apresentada na jornada de estudos “Politiques familiales dans les mondes antiques”, organizada por Aurélie Damet & Evelyne Scheid – ANHIMA, Programmes “Famille et parenté dans les mondes grecs” & “Droit grec et hellénistique”.

Marques, S. (2016), “Carlos Jorge Pessoa, Escrita da água: no rasto de Medeia”, in Colóquio Internacional CLASTEA III (Coimbra).

Nogueira, A. (2016), “Figuras femininas da Antiguidade na Literatura Portuguesa”. Palestra do ciclo Amatores in situ. Milreu (Estoi).

Nogueira, A. (2016), “Influência da Antiguidade Clássica nas Literaturas em Língua Portuguesa”. Comunicação apresentada nas comemorações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP, em Atenas.

Santos, Alexandra (2016), "Medeia: do palco ao silêncio da leitura", Congresso Internacional CLASTEA III: O livro do tempo: escritas e reescritas - teatro clássico e sua recepção, Coimbra.

Santos, Alexandra (2016), "A efígie do amor: reminiscências da literatura clássica na poesia de Sophia de Mello Breyner". III Jornada Doctoral de la Universidad de Salamanca, Salamanca.

Seiça Carvalho, A., “Una vida por otra vida: todos queremos vivir – el coro, un observador anónimo en la obra de G. M. Tavares”. Congresso III FORO GRATUV de jóvenes Investigadores 2016 – “Los Coros dramáticos: un personaje singular”, Valência, Espanha, 5-7 de Outubro de 2016.

Silva, M. F., Horster M. A. (2016), “Hélia Correia, A de Cólquida”, Congresso CLASTEA III – Teatro Clássico e sua Recepção. Livro do Tempo. Escritas e reescritas. FLUC, 16-18 Março.

2015

Leão, D. F., 20 de abril de 2015 (Coimbra, Colégio Rainha Santa): sessão didática sobre “Teatro Grego e Romano”, no âmbito do apoio à Formação de Professores e Didática das Línguas Clássicas. [em colaboração com J.L. Lopes Brandão]

Leão, D. F., 28 de maio de 2015 (Coimbra, Rómulo - Centro de Ciência Viva): conferência “Em Defesa de Medeia? O horizonte literário e jurídico da Medeia de Eurípides”, integrada na sessão “Diálogos: Medeia de Eurípides – o conflito entre paixão e razão”, realizado no âmbito no âmbito da colaboração entre o Projeto Diálogos (Fundação Calouste Gulbenkian) e a Universidade de Coimbra: Rómulo-Centro de Ciência Viva; Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; Instituto de Estudos Clássicos e Grupo de Teatro “Thíasos” / FESTEA.

Leão, D. F., 24 de junho de 2015 (Universidad Nacional de La Plata): “Aristophanes and Solon’s Laws”, conferência apresentada no “Séptimo Coloquio Internacional [Una] Nueva Visión de la Cultura Griega Antigua en el Comienzo del Tercer Milenio: perspectivas y Desafíos”, organizado pela Facultad de Humaniades y Ciencias de la Educación de la Universidad Nacional de La Plata e pelo Centro de Estudios Helénicos. [orador convidado]

Leão, D. F., 27 de junho de 2015 (Buenos Aires, Salón Rojo, Facultad de Derecho - UBA): “Dar vida y darla por vencida: la ‘carga’ de la vejez en Alcestis de Eurípides”, conferência apresentada no encontro internacional “Tragedia y legalidad en la Atenas clásica: representaciones literarias del derecho a fines del s. V a.C.”, organizado pelo grupo de Derecho Griego Arcaico y Clásico y sus Proyecciones e pelo Instituto de Investigaciones en Historia del Derecho de la Universidad de Buenos Aires. [orador convidado]

Nogueira, A. (2015), “As tragédias do grego Kakoyiannis”. Palestra inserida na Conferência «1946-1976: o cinema da Europa mediterrânea do pós-guerra à queda das ditaduras», Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2015), “A catábase de Antígona: Eduarda Dionísio, Antes que a noite venha”, II Seminário Pragma/CECH: A tradição clássica no Brasil e em Portugal, UFRJ, Brasil.

2014

Castro Filho, C. “Me voy a ahogar: la novia adúltera en los arquetipos femeninos lorquianos”, Congreso Internacional Sexo, Adulterio y Amor en el Teatro, Sociedad Cervantina de Madrid, 22-25/04/2014.

Leão, D. F., 12 de junho de 2014 (Mérida, Museo de Arte Romano): comunicação “O horizonte ‘político’ do teatro grego: a ‘Oresteia’ de Ésquilo e a ‘Medeia’ de Eurípides”, apresentada na 60ª edição do Festival Internacional de Teatro Clásico de Mérida.

Marques, S. (2014), “Antígona: norma e transgressão em Sófocles e em Hélia Correia” - Colóquio Antígona: a eterna sedução da filha de Édipo (Coimbra).

Marques, S. (2014), - “Oedipus the King at the Bolhão theatre” - XIV Congresso da FIEC (Bordéus).

Marques, S. (2014), “Reescribir los mitos clássicos: Hélia Correia, ejercicios sobre Antígona, Helena y Medea” – Congresso Myths in crisis. The crisis of myth (Madrid).

Nogueira, A. (2014), Conferência “Receção da Antiguidade na poesia portuguesa contemporânea” – Universidade Nova de Lisboa.

Nogueira, A. (2014), Palestra “Ecos da Antiguidade na Poesia Portuguesa Contemporânea” – inserida no Curso Livre «A Arte da Poesia» – Biblioteca Municipal de Faro.

Nogueira, A. (2014), “Seas, islands, monsters and ladies in distress in the contemporary art”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional Imagines IV: Sailing in Troubled Waters – O Mediterrâneo Antigo e a sua Herança nas Artes Visuais e Performativas – The Ancient Mediterranean and its Legacy in the Performing and Visual Arts. Universidade do Algarve.

Nogueira, A. (2014), “Écfrase na poesia portuguesa contemporânea”. Palestra inserida no curso «Sociedade e Cultura», organizado pela APEC e pelo Instituto de Estudos Clássicos da Universidade de Coimbra, Coimbra.

Nogueira, A. (2014), “Cultura Grega e Cultura Ocidental” - Escola Secundária de Tavira.

Nogueira, A. (2014), “Mito Clássico e Cultura Ocidental” - Escola Secundária de Tomás Cabreira.

Nogueira, A. (2014), “O Legado da Antiguidade no Português Contemporâneo” - Agrupamento de Escolas Drª Laura Ayres, Quarteira.

Silva, M. F. (2014), Conferência “Aristófanes nos palcos portugueses. Luís Miguel Cintra, A cidade”, apresentada no colóquio internacional Sailing in Troubled Waters: O Mediterrâneo Antigo e o seu legado nas Artes Visuais e Performativas, Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2014), “Creon, the tyrant of Antigone. The play’s reception in Portugal”, Theatre and Democracy, Colóquio organizado pela Universidade de Atenas (5-8 de Novembro).

2013

Leão, D. F., 30 de maio de 2013 (Coimbra – FLUC): “Imaginário clássico na poesia de António Arnaut”, no II Colóquio Pragma/CECH, sobre “A recepção dos Clássicos em Portugal e no Brasil”, numa organização do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, do Centro de História da Sociedade e da Cultura e do Mestrado em Alimentação: Fontes Cultura e Sociedade.

Marques, S. (2013), “Lisístrata em teatro de rua” in Colóquio Lisístrata (Coimbra).

Nogueira, A. (2013), “Hercules and Music in the 21st Century”, in Hercules: A hero for all ages. University of Leeds (Reino Unido).

Silva, M. F. (2013), ‘Fantasia para dois coronéis e uma piscina. Ecos clássicos no contexto do século XX português’, conferência apresentada no II Colóquio Pragma /CECH, Recepção dos Clássicos em Portugal e no Brasil, organizado em Coimbra pelo CECH.

Silva, M. F. (2013), Conferência de abertura ‘António Marinheiro, Édipo de Alfama de Bernardo Santareno’, apresentada no II Congreso Internacional sobre la Pervivencia de los modelos clásicos en el teatro iberoamericano, español, portugués y francés, Facultad de Humanidades y Artes, Universidad Nacional de Rosario (Argentina).

Silva, M. F. (2013), Curso breve ‘Hélia Correia – Antígona, Helena e Medeia nos palcos portugueses’, II Congreso Internacional sobre la Pervivencia de los modelos clásicos en el teatro iberoamericano, español, portugués y francés, Facultad de Humanidades y Artes, Universidad Nacional de Rosario (Argentina).

Silva, M. F. (2013), Conferência de abertura ‘Camus e Tucídides. O eterno retorno da História’, Colóquio Camus e os Antigos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Natal, Brasil).

2012

2019

Castro Filho, C. Conferência «Campo aberto: reescritas da tradição nas dramaturgias ibéricas contemporâneas», Seminário Permanente CEIS-20, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, 13/03/2019

Castro Filho, C.; Kroll, S. «El Theatro de los dioses y los mitos clásicos en las culturas hispánicas», XXII Deutscher Hispanistentag: Konstellationen – Netze – Transformationen, Freie Universität Berlin, 27-31/03/2019.

Marques, S. (2019), “Encenar peças clássicas na atualidade”, conferência apresentada no âmbito do Ciclo Teatro, cinema e televisão — onde os atores se cruzam com os autores (Instituto de Estudos Académicos Adriano Moreira – Academia das Ciências de Lisboa).

Marques, S. (2019), “Grandes convenções trágicas: o Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett e a tradição clássica”. – Sessão destinada a professores do Ensino Básico e Secundário, incluída na Ação de Formação (acreditada) da APLG: Desfiando o passado — a Antiguidade greco-latina em contínua presença (Escola Secundária Infanta D. Maria - Coimbra).

Marques, S. (2019), “Modern Portuguese Poets and the Greeks: a poetic theory”, in APGRD Seminar Series -Classics and poetry now (St Peter’s College, Oxford).

Marques, S. (2019), Ação de Formação “Revisitar a tragédia grega numa aula de Português: o Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett e a tradição clássica”, in II Jornadas de Estudos Clássicos - Do teatro grego e latino: origens, representações, influências e legado. In memoriam do Professor Doutor Walter de Medeiros (Escola Secundária Domingos Rebelo – Ponta Delgada).

Marques, S. (2019), “Revisiter les Classiques dans le programme de Portugais pour le primaire et le collège: l’ Ulysse de Maria Alberta Menéres”, in 12th Celtic Conference in Classics (Coimbra). - Nogueira, A. (2019), “Influências clássicas na literatura portuguesa renascentista”, in Seminário Um Mundo Novo – Portugal e o Algarve nos Séculos XV e XVI, Tavira.

Seiça Carvalho, A., “El cuerpo sangrante danza - La Medea de Angelin Preljocaj” in Gratuv 2019, 10 e 11 de Outubro.

Seiça Carvalho, A., "Traços de Eros e Mania - o topos da mulher abandonada nas Lettres Portugaises e nas Heroides ovidianas" in Melancholy, Love and Letters International Congress on Soror Mariana Alcoforado (1640-1723), Beja, 15-17 Novembro de 2019.

Silva, M. F. (2019), “A arte de contar muito em pouco espaço. Eça de Queirós, Perfeição (Odisseia), Mário de Carvalho, A inaudita guerra da Avenida Gago Coutinho / Ilíada”, sessão incluída na Ação de Formação (acreditada) da APLG: Desfiando o passado — a Antiguidade greco-latina em contínua presença (Escola Secundária Infanta D. Maria - Coimbra).

Silva, M. F. (2019), “Antígona, um mito sempre ‘contemporâneo’: tema e forma, um processo em evolução”, Tertúlias FESTEA XXI, Cena Lusófona, Coimbra.

Silva, M. F. (2019), “Perfection – the immortal’s default. Eça de Queiroz and Calypso’s island”, 12th Celtic Conference, FLUC, Coimbra.

Silva, M. F. (2019), “Fontes clássicas na Literatura Portuguesa: uma componente didática” - Curso de 25 horas na Escola Portuguesa de Moçambique,

Silva, M. F. (2019), “Eça de Queirós y los clásicos: Correspondência de Fradique Mendes”, Colóquio Internacional Centenario do Museo Arqueológico Juan Miguel Dihigo: originales, copias y versiones, Universidad La Habana, Cuba.

Silva, M. F. (2019), «“O inútil desejo de si próprio” – três leituras do mito de Narciso na Literatura Portuguesa», Congresso Internacional Olhares de Narciso: egotismo e alienação, Universidade de Aveiro.

Silva, M. F., c/ Horster, M. A. (2019), «“Caminhei para Delphos / Porque acreditei que o mundo era sagrado’. Notas sobre a “Delphica” de Sophia de Mello Breyner Andresen», palestra na ANAI.

Silva, M. F. (2019), “Antígona no Portugal do séc. XX: retorno a um paradigma”, Congresso Internacional Revisitar António Sérgio cinquenta anos depois. Jornada Sexta: literatura e crítica literária (Escola Secundária António Sérgio – V. N. de Gaia).

Silva, M. F. (2019), “The Greek myths and their eternal vitality”, I Colloquium Ancient Images from Greece in the New World, Embaixada do Brasil – Atenas.

Silva, M. F. (2019), “The Classics in Portuguese Poetry”, Seminário feito em Oxford (St Peter’s College), dentro do programa de atividades da CAPN.

2018

Castro Filho, C. “Alrededor de Thamar: las marginadas Españas de Lorca y las evoluciones de la tragedia femenina”, VIII Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo, Università degli Studi di Napoli L’Orientale, 19-22/06/2018.

Leão, D. F., 20 de dezembro de 2018 (Coimbra, Universidade de Tempos Livres - ANAI): “António Arnaut: legado clássico na sua produção poética”, no âmbito da Universidade dos Tempos Livres, promovida pela delegação de Coimbra da ANAI.

Leão, D. F., 14 de abril de 2018 (Tavira, Casa Álvaro de Campos): “Quadros de Mitologia Clássica em Os Lusíadas”, palestra partilhada com J.L. Brandão, integrada no Ciclo de Conferências “Os Antigos entre nós”, numa organização do Departamento de Artes e Humanidades da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve.

Marques, S. (2018), “Os clássicos revisitados pela Arcádia Lusitana: o testemunho de Manuel da Costa”, in Congresso CLASTEA IV: clásicos en escena ayer y hoy (Universidade de Santiago de Compostela, Espanha).

Marques, S. (2018), “Simbologia e imaginário da Cultura Clássica na sociedade atual: cinema, literatura e outras artes”. Palestra apresentada no âmbito do projeto Clássicos em rede (Escola Básica e Secundária Dr. Ferreira da Silva – Cucujães).

Nogueira, A. (2018), “Almas em Cinza ou As Troianas do Guadiana”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional CLASTEA IV – Clásicos en escena ayer y hoy, Facultade de Filoloxía, Universidade de Santiago de Compostela.

Nogueira, A. (2018), “A República na Antiguidade e na Contemporaneidade”. Vila Real de Santo António: Arquivo Histórico Municipal.

Nogueira, A. (2018), “A receção da Antiguidade na Contemporaneidade”. XII Jornadas do CIAC – Universidade do Algarve.

Nogueira, A. (2018), “Temas da Antiguidade na música contemporânea”. Palestra inserida no ciclo «Clássicos em Milreu».

Nogueira, A. (2018), “Mitologia na Arte Contemporânea”. Palestra inserida no Ciclo «Os Antigos entre nós», Casa Álvaro de Campos – Tavira.

Silva, M. F. (2018), “Antígona e Creonte, eternos paradigmas. Simone de Beauvoir, L’existentialisme et la sagesse des nationsi”, I Colóquio sobre Simone de Beauvoir, UFRJ (Brasil).

Silva, M. F. (2018), “De novo a guerra de Troia … em Lisboa: Mário de Carvalho, A inaudita guerra da Avenida Gago Coutinho”, Colóquio A Ilíada de Homero e sua recepção na Antiguidade e na Modernidade, Fac. Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Brasil).

Silva, M. F. (2018), “Mulheres ao tear. Tradição grega em Marina Colasanti”, Congresso Internacional Arca de Noé: Catástrofe e redenção, Universidade de Aveiro.

Silva, M. F. (2018), “El arte de esperar. Gloria o cómo Penélope se murió de tedio de Claudia Lucas Chéu”, Colóquio CLASTEA IV. Clásicos en escena ayer y hoy, Santiago de Compostela.

Silva, M. F. (2018), «“Rendición de cuentas”, de Andrés Pociña. Clitemnestra y Agamenón de nuevo frente a frente», Coloquio Internacional La mujer en la literatura greco-latina: imágines y discursos, Universidad Nacional de Rosario, Facultad de Humanidades Artes.

2017

Castro Filho, C. Conferência “O avesso da tragédia: poesia e tradição clássica no teatro de Angélica Liddell”, Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 07/04/2017.

Castro Filho, C. Moderação da conferência de Vasileios Balaskas, “Ancient Greek Drama on the Modern Stage: Constructing National Identity in Greece, Spain and Italy”, Opera in Fieri 2017, Universidade de Coimbra, 28-30/06/2017.

Castro Filho, C. Conferência “Cisso, Thamar y Amnón: herencia clásica y mitología judeocristiana en García Lorca”, Università di Verona (Dipartimento di Lingue e Letterature Straniere), 19/09/2017.

Castro Filho, C. “Mitologización y simulacro en la dramaturgia de Reinaldo Arenas”, Congreso Mitos Prehispánicos y Mitos Clásicos en la Literatura Hispanoamericana, Sapienza Università di Roma, 20-22/09/2017.

Castro Filho, C. “El discurso teatral y los márgenes del canon: la tradición en Sinisterra, Arrabal y Liddell”, VII Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo: canon y margen en las culturas y literaturas hispánicas, Universidad de Cantabria, 21-23/06/2017.

Leão, D. F., 31 de janeiro de 2017 (Carreira, Escola E.B. 2/ 3 Rainha Santa Isabel): “Origens do teatro”, palestra apresentada de parceria com J. L. Lopes Brandão, no no âmbito do projeto Carpe Scholam.

Leão, D. F., 23 de fevereiro de 2017 (Coimbra, Faculdade de Letras): “O mariticídio à luz do direito grego”, no congresso internacional “Clitemnestra: a outra face da guerra”, coorganizado pelo CECH, Università di Foggia, Universidad de Granada, Universitat de Valéncia.

Nogueira, A. (2017), «Monstros Marinhos da mitologia e na arte» – Ciclo de Palestras “A representação do monstruoso na literatura e outras artes”. Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa. A 3 de novembro.

Nogueira, A. (2017), “When the Saints are Greek Heroes: Heracles and Saint Anthony of Lisbon”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional «Celebrating Hercules in the Modern World», Leeds University.

Nogueira, A. (2017), Conferência “Os Deuses, os Santos e os seus Caprichos, na Grécia Antiga e em Portugal”, incluída no ciclo «Vozes da primavera», Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2017), “Clitemnestra, mulher, esposa e mãe. Francisco Dias Gomes, Ifigénia”, Colóquio Clitemnestra: a outra face da Guerra, Coimbra, CECH.

Silva, M. F. (2017), “Un bello texto, inédito, de una famosa escritora portuguesa. Hélia Correia, Apodera-te de mim”, Seminário Internacional ‘Las inéditas’, 29-31 de Março, Univ. Salamanca.

Silva, M. F. (2017), “Mário de Carvalho, Pede poena claudo: Para encerrar, a peste”, conferência de encerramento no congresso internacional O conto: o cânone e as margens. Universidade de Aveiro.

Silva, M. F. (2017), “Reciclar Aristófanes nos palcos de hoje”, Colóquio O teatro clássico nos palcos do séc. XXI – A Comédia Antiga, Museu do Teatro Romano de Lisboa.

Silva, M. F. (2017), Curso de 9 horas sobre “Recriando velhas histórias. Mitos gregos e sua recepção”, UNESP, Araraquara, Brasil.

Silva, M. F., c/ Horster M. A. (2017), “Rebelde y (in)conformada: dos lecturas de Medea en Hélia Correia” (com M. A. Horster), Congreso Internacional del Grupo de Investigación Escritoras y Escrituras titulado ‘Ausencias: la reconstrucción del canon literario en Europa y las escritoras’, Facultad de Filología, Universidad de Sevilla.

2016

Castro Filho, C. “El conflicto primordial: desplazamientos del mito en el último Lorca”, VI Congreso Internacional BETA, Asociación de Jóvenes Doctores en Hispanismo: conflictos y desplazamientos en las culturas hispánicas, Universidad de Granada, 13-15/06/2016.

Castro Filho, C. “Tradição clássica no último Lorca: matrizes literárias e debate filosófico”, Opera in Fieri 2016, Universidade de Coimbra, 24-25/05/2016.

Leão, D. F., 8 de março de 2016 (Brasília, Museu Nacional – Complexo Cultural da República): conferência “Com Medeia no banco dos réus”, apresentada XIII Seminário Internacional Archai “Medeia(s), entre a filosofia, a retórica e a literatura”, promovido por Cátedra UNESCO Archai, PPGμ–Programa de Pós-Graduação em Metafísica da UnB, PPGFIL–Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFMG, Projeto de Extensão Cine UniCEUB.

Leão, D. F., 16 de março de 2016 (Coimbra, Faculdade de Letras): conferência “O livro do tempo na Alceste de Eurípides: a narrativa passada e suas reescritas”, no congresso internacional “O Livro do Tempo: Escritas e Reescritas”, organizado pelo Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos e pela Rede CLASTEA, envolvendo as Universidades de Aveiro, Granada, Mar del Plata e Rosario, no âmbito da 18ª Semana Cultural da UC.

Leão, D. F., 17 de junho de 2016 (Paris, Institut National d’Histoire de l’Art): “Y a-t-il une limite à la paidotrophia et à la gerotrophia ? Une approche légale de l’Alceste d’Euripide”, confereência apresentada na jornada de estudos “Politiques familiales dans les mondes antiques”, organizada por Aurélie Damet & Evelyne Scheid – ANHIMA, Programmes “Famille et parenté dans les mondes grecs” & “Droit grec et hellénistique”.

Marques, S. (2016), “Carlos Jorge Pessoa, Escrita da água: no rasto de Medeia”, in Colóquio Internacional CLASTEA III (Coimbra).

Nogueira, A. (2016), “Figuras femininas da Antiguidade na Literatura Portuguesa”. Palestra do ciclo Amatores in situ. Milreu (Estoi).

Nogueira, A. (2016), “Influência da Antiguidade Clássica nas Literaturas em Língua Portuguesa”. Comunicação apresentada nas comemorações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP, em Atenas.

Santos, Alexandra (2016), "Medeia: do palco ao silêncio da leitura", Congresso Internacional CLASTEA III: O livro do tempo: escritas e reescritas - teatro clássico e sua recepção, Coimbra.

Santos, Alexandra (2016), "A efígie do amor: reminiscências da literatura clássica na poesia de Sophia de Mello Breyner". III Jornada Doctoral de la Universidad de Salamanca, Salamanca.

Seiça Carvalho, A., “Una vida por otra vida: todos queremos vivir – el coro, un observador anónimo en la obra de G. M. Tavares”. Congresso III FORO GRATUV de jóvenes Investigadores 2016 – “Los Coros dramáticos: un personaje singular”, Valência, Espanha, 5-7 de Outubro de 2016.

Silva, M. F., c/ Horster M. A. (2016), “Hélia Correia, A de Cólquida”, Congresso CLASTEA III – Teatro Clássico e sua Recepção. Livro do Tempo. Escritas e reescritas. FLUC, 16-18 Março.

2015

Leão, D. F., 20 de abril de 2015 (Coimbra, Colégio Rainha Santa): sessão didática sobre “Teatro Grego e Romano”, no âmbito do apoio à Formação de Professores e Didática das Línguas Clássicas. [em colaboração com J.L. Lopes Brandão]

Leão, D. F., 28 de maio de 2015 (Coimbra, Rómulo - Centro de Ciência Viva): conferência “Em Defesa de Medeia? O horizonte literário e jurídico da Medeia de Eurípides”, integrada na sessão “Diálogos: Medeia de Eurípides – o conflito entre paixão e razão”, realizado no âmbito no âmbito da colaboração entre o Projeto Diálogos (Fundação Calouste Gulbenkian) e a Universidade de Coimbra: Rómulo-Centro de Ciência Viva; Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; Instituto de Estudos Clássicos e Grupo de Teatro “Thíasos” / FESTEA.

Leão, D. F., 24 de junho de 2015 (Universidad Nacional de La Plata): “Aristophanes and Solon’s Laws”, conferência apresentada no “Séptimo Coloquio Internacional [Una] Nueva Visión de la Cultura Griega Antigua en el Comienzo del Tercer Milenio: perspectivas y Desafíos”, organizado pela Facultad de Humaniades y Ciencias de la Educación de la Universidad Nacional de La Plata e pelo Centro de Estudios Helénicos. [orador convidado]

Leão, D. F., 27 de junho de 2015 (Buenos Aires, Salón Rojo, Facultad de Derecho - UBA): “Dar vida y darla por vencida: la ‘carga’ de la vejez en Alcestis de Eurípides”, conferência apresentada no encontro internacional “Tragedia y legalidad en la Atenas clásica: representaciones literarias del derecho a fines del s. V a.C.”, organizado pelo grupo de Derecho Griego Arcaico y Clásico y sus Proyecciones e pelo Instituto de Investigaciones en Historia del Derecho de la Universidad de Buenos Aires. [orador convidado]

Nogueira, A. (2015), “As tragédias do grego Kakoyiannis”. Palestra inserida na Conferência «1946-1976: o cinema da Europa mediterrânea do pós-guerra à queda das ditaduras», Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2015), “A catábase de Antígona: Eduarda Dionísio, Antes que a noite venha”, II Seminário Pragma/CECH: A tradição clássica no Brasil e em Portugal, UFRJ, Brasil.

2014

Castro Filho, C. “Me voy a ahogar: la novia adúltera en los arquetipos femeninos lorquianos”, Congreso Internacional Sexo, Adulterio y Amor en el Teatro, Sociedad Cervantina de Madrid, 22-25/04/2014.

Leão, D. F., 12 de junho de 2014 (Mérida, Museo de Arte Romano): comunicação “O horizonte ‘político’ do teatro grego: a ‘Oresteia’ de Ésquilo e a ‘Medeia’ de Eurípides”, apresentada na 60ª edição do Festival Internacional de Teatro Clásico de Mérida.

Marques, S. (2014), “Antígona: norma e transgressão em Sófocles e em Hélia Correia” - Colóquio Antígona: a eterna sedução da filha de Édipo (Coimbra).

Marques, S. (2014), - “Oedipus the King at the Bolhão theatre” - XIV Congresso da FIEC (Bordéus).

Marques, S. (2014), “Reescribir los mitos clássicos: Hélia Correia, ejercicios sobre Antígona, Helena y Medea” – Congresso Myths in crisis. The crisis of myth (Madrid).

Nogueira, A. (2014), Conferência “Receção da Antiguidade na poesia portuguesa contemporânea” – Universidade Nova de Lisboa.

Nogueira, A. (2014), Palestra “Ecos da Antiguidade na Poesia Portuguesa Contemporânea” – inserida no Curso Livre «A Arte da Poesia» – Biblioteca Municipal de Faro.

Nogueira, A. (2014), “Seas, islands, monsters and ladies in distress in the contemporary art”. Comunicação apresentada no Congresso Internacional Imagines IV: Sailing in Troubled Waters – O Mediterrâneo Antigo e a sua Herança nas Artes Visuais e Performativas – The Ancient Mediterranean and its Legacy in the Performing and Visual Arts. Universidade do Algarve.

Nogueira, A. (2014), “Écfrase na poesia portuguesa contemporânea”. Palestra inserida no curso «Sociedade e Cultura», organizado pela APEC e pelo Instituto de Estudos Clássicos da Universidade de Coimbra, Coimbra.

Nogueira, A. (2014), “Cultura Grega e Cultura Ocidental” - Escola Secundária de Tavira.

Nogueira, A. (2014), “Mito Clássico e Cultura Ocidental” - Escola Secundária de Tomás Cabreira.

Nogueira, A. (2014), “O Legado da Antiguidade no Português Contemporâneo” - Agrupamento de Escolas Drª Laura Ayres, Quarteira.

Silva, M. F. (2014), Conferência “Aristófanes nos palcos portugueses. Luís Miguel Cintra, A cidade”, apresentada no colóquio internacional Sailing in Troubled Waters: O Mediterrâneo Antigo e o seu legado nas Artes Visuais e Performativas, Universidade do Algarve.

Silva, M. F. (2014), “Creon, the tyrant of Antigone. The play’s reception in Portugal”, Theatre and Democracy, Colóquio organizado pela Universidade de Atenas (5-8 de Novembro).

2013

Leão, D. F., 30 de maio de 2013 (Coimbra – FLUC): “Imaginário clássico na poesia de António Arnaut”, no II Colóquio Pragma/CECH, sobre “A recepção dos Clássicos em Portugal e no Brasil”, numa organização do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, do Centro de História da Sociedade e da Cultura e do Mestrado em Alimentação: Fontes Cultura e Sociedade.

Marques, S. (2013), “Lisístrata em teatro de rua” in Colóquio Lisístrata (Coimbra).

Nogueira, A. (2013), “Hercules and Music in the 21st Century”, in Hercules: A hero for all ages. University of Leeds (Reino Unido).

Silva, M. F. (2013), ‘Fantasia para dois coronéis e uma piscina. Ecos clássicos no contexto do século XX português’, conferência apresentada no II Colóquio Pragma /CECH, Recepção dos Clássicos em Portugal e no Brasil, organizado em Coimbra pelo CECH.

Silva, M. F. (2013), Conferência de abertura ‘António Marinheiro, Édipo de Alfama de Bernardo Santareno’, apresentada no II Congreso Internacional sobre la Pervivencia de los modelos clásicos en el teatro iberoamericano, español, portugués y francés, Facultad de Humanidades y Artes, Universidad Nacional de Rosario (Argentina).

Silva, M. F. (2013), Curso breve ‘Hélia Correia – Antígona, Helena e Medeia nos palcos portugueses’, II Congreso Internacional sobre la Pervivencia de los modelos clásicos en el teatro iberoamericano, español, portugués y francés, Facultad de Humanidades y Artes, Universidad Nacional de Rosario (Argentina).

Silva, M. F. (2013), Conferência de abertura ‘Camus e Tucídides. O eterno retorno da História’, Colóquio Camus e os Antigos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Natal, Brasil).

2012

Castro Filho, C. Apresentação do livro Hipólito e Fedra: nos caminhos de um mito, integrada na conferência Researching, Rewriting and Staging Euripidean Tragedy, Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 30/05/2012

Leão, D. F., 10 de maio de 2012 (Coimbra, Casa das Caldeiras, Sala do Carvão): “Crime e castigo na Oresteia de Ésquilo” nas XIV Jornadas de Cultura Popular “O corpo e a palavra”.

Marques, S. (2012), Comunicação “Raíces clásicas del repertorio musical de Zé Ramalho”, Madrid.

Nogueira, A. (2012), “A receção dos mitos na arte contemporânea”, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa – Recycling Myths Conference/ Colóquio Revisitar o Mito.

Nogueira, A. (2012), “Hercules between magic and reality”, Colóquio Internacional IMAGINES III – Magic and the Supernatural from the Ancient World. Mainz (Alemanha), Johannes Gutenberg Universität.

Nogueira, A. (2012), «“O que é raro é caro”: provérbios em contextos filosóficos», 6º Colóquio Internacional Interdisciplinar sobre Provérbios, Tavira.

Nogueira, A. (2012), “Herança dos Antigos” – Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, Portimão.

This uses cookies that do not gather any personal information whatsoever. By using this website, you agree with the cookie policy.
OK, I ACCEPT