Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

XIX Encontro de Jovens Investigadores em Paleontologia

Em 2021, de 12 a 15 de Maio, realizar-se-á em Coimbra (Portugal), na Faculdade de Ciências e Tecnologia a XIX edição do EJIP (Encontro de Jovens Investigadores em Paleontologia).
15 dezembro, 2020
EJIP
EJIP

O EJIP, Encontro de Jovens Investigadores em Paleontologia (originalmente, Encuentro de Jóvenes Investigadores en Paleontología), é um congresso anual dirigido por e para jovens paleontólogos. Nasceu em Espanha em 2002, mas cedo foi conquistando os (poucos mas interessados) jovens paleontólogos portugueses e, ano após ano, foi ganhando um estatuto ibérico. Em 2021, a XIX edição do EJIP realizar-se-á em Coimbra (Portugal), na Faculdade de Ciências e Tecnologia. A organização está a cargo de alunos e investigadores do Centro de Geociências (Universidade de Coimbra), do Instituto Dom Luiz (Universidade de Lisboa), do Instituto de Ciências da Terra (Universidade de Évora), do Departamento de Ciências da Terra (Universidade Nova de Lisboa), do Centro de Ciência Viva do Lousal e do Grupo de Biología Evolutiva da Universidad Nacional de Educación a Distancia (Espanha). É a terceira vez que o EJIP é celebrado em Portugal, tendo passado por Torres Vedras em 2009 e por Pombal em 2017. Graças ao empenho de todos os investigadores que participaram no EJIP, incluindo os seus fundadores e gerações posteriores, o EJIP conseguiu chegar aos dias de hoje mantendo o espírito que o caracteriza: uma reunião fora dos grandes núcleos urbanos, acessível aos 'jovens' bolsos, na qual os assistentes podem expor a sua investigação (muitos pela primeira vez) e desfrutar de um ambiente descontraído. Além disso, o EJIP promove a colaboração entre investigadores e instituições, permitindo criar sinergias que desenvolvam o potencial das suas investigações, dotando-as de um maior impacto.

'Património e divulgação em Paleontologia', o tema escolhido pela organização para esta edição do EJIP, encontra no distrito de Coimbra uma série de exemplos que o personificam, desde a Serra de Buçaco, um dos berços da geologia em Portugal, ao Cabo Mondego, detentor de um enorme interesse geológico e onde foram descobertas as primeiras pegadas de dinossauros publicadas em Portugal, ou ainda o Rabaçal, em Condeixa-a-Nova, com uma sequência sedimentar muito rica em fósseis de diversos grupos e com relevância internacional.

Cientes da incerteza de quaisquer planos para 2021, a organização prepara um congresso misto, presencial e online, cujas limitações e vagas estarão à mercê das regras que forem surgindo. Se queres mesmo participar, não hesites e inscreve-te já. Mais informações em:

Blog: https://19ejipcoimbra.blogspot.com/

Twitter: @XIXEJIP2021

Facebook: https://www.facebook.com/XIXEJIP

Instagram: https://www.instagram.com/xixejip2021/