Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Mestrado em Astrofísica e Instrumentação para o Espaço

Astrofísica de precisão baseia-se em sofisticada instrumentação colocada em quer em Terra e quer em órbita, na capacidade de manipulação de grandes quantidades de dados de observação e na simulação e modelação computacional em larga escala. É uma área fortemente interdisciplinar em grande crescimento, para o qual concorrem equipas da mais diversa proveniência, envolvendo astrónomos, físicos, engenheiros, matemáticos mas também químicos e geólogos.

O Mestrado em Astrofísica e Instrumentação para o Espaço pretende formar profissionais capazes de integrar essas equipas, quer nas grandes organizações internacionais (ESA, EUSO, etc...) quer nas empresas tecnológicas com atividades no domínio espacial.

A estrutura muito versátil do Mestrado, permite ao estudante escolher as unidades curriculares que mais se ajustem ao seu perfil e que melhor complementem a sua formação anterior, face às áreas de oportunidade que mais lhe interessem. Assim, pode centrar-se mais na Astrofísica e na Cosmologia Teórica, ou na Modelação Computacional e na Análise de dados, ou ser mais voltado para a Instrumentação e a Engenharia de Navegação.

O Mestrado reflecte a excelência da atividade científica e técnica dos Departamentos de Física e de Matemática da FCTUC nos domínios da instrumentação e aquisição de dados, da astronomia observacional e geodesia, e da computação, simulação e análise de dados. A formação é sólida e multidisciplinar, característica apreciada por empregadores em busca de indivíduos versáteis, familiarizados com instrumentação variada e com bons conhecimentos de computação e informática.

Uma lista das teses de mestrado já defendidas está disponível aqui.

SAÍDAS PROFISSIONAIS | ESTRUTURA CURRICULAR | CONDIÇÕES DE ACESSO | CONTACTOS


Saídas profissionais

  • Atividades de investigação em laboratórios e instituições de investigação e desenvolvimento, nomeadamente as que integram equipas em grandes organizações internacionais (ESA, EUSO, CERN, ...); 
  • Atividades de projeto e desenvolvimento em empresas tecnológicas especializadas que operem no domínio espacial; 
  • Atividades nos setores com forte pendor tecnológico e computacional, nomeadamente nos serviços e em nichos de tecnologia especializada; 
  • Atividades de educação, divulgação e difusão da cultura científica em instituições de ensino e em museus de ciência e afins. 


Estrutura curricular

A conclusão do curso obtém-se com um número mínimo de 120 unidades ECTS. A estrutura curricular do Mestrado em Astrofísica e Instrumentação para o Espaço é a seguinte:

1.º Semestre
  • Análise e Processamento de Imagem (6 ECTS)
  • Interação da Radiação com a Matéria (6 ECTS)
  • Bases de Dados (opcional, 6 ECTS)
  • Ciências Planetárias (opcional, 6 ECTS)
  • Eletromagnetismo II (opcional, 6 ECTS)
  • Elementos de Astronomia (opcional, 6 ECTS)
  • Física Quântica (opcional, 6 ECTS)
  • Física e Tecnologia do Vácuo (opcional, 6 ECTS)
  • Instrumentação e Sistemas de Aquisição de Dados (opcional, 6 ECTS)
  • Introdução à Astrofísica (opcional, 6 ECTS)

Nota: O estudante deverá inscrever-se em unidades curriculares optativas que perfaçam um total de 18 ECTS, tendo em consideração o respeito pelos limites máximos de ECTS optativos, por área científica.
Nota: Uma das unidades curriculares optativas do 1º semestre pode ser escolhida de entre as ministradas nos Mestrados em Física, Engenharia Física, Matemática e 4.º ou 5.º anos do Mestrado Integrado de Engenharia Biomédica da FCTUC, que perfaça 6 ECTS (escolha sujeita a parecer favorável da coordenação do Mestrado).

2.º Semestre
  • Instrumentação para o Espaço (6 ECTS)
  • Relatividade Geral e Cosmologia (6 ECTS)
  • Tópicos de Astrofísica Moderna (6 ECTS)
  • Cartografia Digital (opcional, 6 ECTS)
  • Dinâmica de Fluidos e Magnetohidrodinâmica (opcional, 6 ECTS)
  • Física das Altas Energias (opcional, 6 ECTS)
  • Mecânica Celeste (opcional, 6 ECTS)
  • Simulação e Métodos de Monte Carlo (opcional, 6 ECTS)
  • Sistemas Espaciais de Posicionamento e Navegação (opcional, 6 ECTS)
  • Telemetria e Telegestão (opcional, 6 ECTS)
  • Teoria Quântica de Campos (opcional, 6 ECTS)

Nota: O estudante deverá inscrever-se em unidades curriculares optativas que perfaçam um total de 12 ECTS, tendo em consideração o respeito pelos limites máximos de ECTS optativos, por área científica.

3.º Semestre
  • Seminário em Astrofísica (6 ECTS)
  • Dissertação/Estágio (anual, 48 ECTS)
  • Computação Paralela (opcional, 6 ECTS)
  • Instrumentação para Física da Radiação (opcional, 6 ECTS)

Nota: O estudante deverá inscrever-se, no 3º semestre, numa unidade curricular optativa de 6 ECTS, tendo em consideração o respeito pelos limites máximos de ECTS optativos, por área científica.

4.º Semestre
  • Dissertação/Estágio (anual, 48 ECTS)

Plano de estudos detalhado



Condições de acesso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre: 

  1. Os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Física, Engenharia Física, Matemática, Engenharia Geográfica e áreas afins; 
  2. Os titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas referidas na alínea anterior; 
  3. Os titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado numa das áreas referidas nas alíneas anteriores pelo Conselho Científico da FCTUC; 
  4. Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCTUC. 

Nota: O reconhecimento referido nas alíneas c) a d) anteriores tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, não conferindo ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado nem o reconhecimento desse grau. 



Contactos

Departamento de Matemática da FCTUC
Apartado 3008
EC Santa Cruz
3001 – 501 Coimbra

Telefone: +351 239 791 150
Fax: +351 239 793 069
Email: secmat@mat.uc.pt

Coordenação do curso:

  • João Fernandes (coordenador, DMUC)