Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Apresentação do livro «Poderes sindicais em debate: desafios e oportunidades na Autoeuropa, TAP e PT-Altice» de Hermes Augusto Costa, Elísio Estanque, Dora Fonseca e Manuel Carvalho da Silva

14 julho
Manifestação
Manifestação

Apresentação de livro

«Poderes sindicais em debate: desafios e oportunidades na Autoeuropa, TAP e PT-Altice» de Hermes Augusto Costa, Elísio Estanque, Dora Fonseca e Manuel Carvalho da Silva

14 de julho de 2020, 18h00 (GMT +01:00)

Evento em formato digital

A apresentação deste livro da Coleção CES/Almedina estará a cargo de Paulo Marques (professor no departamento de economia política do ISCTE), Sérgio Monte (secretário-geral adjunto da UGT) e Fernando Gomes (membro da comissão executiva da CGTP)"


https://www.uc.pt/feuc/imagens/imag2020/Livro-_Poderes_Sindicais_em_Debate.png

Resumo da obra
No rescaldo da austeridade que afetou a periferia da zona euro, as organizações sindicais foram confrontadas com cenários de grande adversidade. Este livro começa por discutir os discursos da crise sindical para se centrar nas suas potenciais formas de poder (estrutural, associativo, institucional e societal), propondo para o efeito seis critérios de análise para a (re)afirmação do sindicalismo: representatividade; qualificação; conflito/negociação; nacional/internacional; público/privado; inovação. Uma análise dos comportamentos sindicais no ambiente de três empresas estratégicas da economia portuguesa - Autoeuropa, TAP e PT/Altice - permitiu observar uma evolução assimétrica de recursos de poder, tanto na relação entre si, como em função do setor de atividade.

Esta atividade realiza-se através da plataforma Zoom e está limitada ao número de vagas disponíveis.

Esta atividade realiza-se através da plataforma Zoom e carece de inscrição prévia através do endereço: https://bit.ly/PoderesSindicais

Agradecemos que todos/as os/as participantes mantenham o microfone silenciado até ao momento do debate. O anfitrião da sessão reserva-se o direito de expulsão do/a participante que não respeite as normas da sala.

As atividades abertas dinamizadas em formato digital, como esta, não conferem declaração de participação uma vez que tal documento apenas será facultado em eventos que prevejam registo prévio e acesso controlado.