Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Novo livro | Um Vírus que nos (Re)Une: Reflexões da FEUC

4 dezembro, 2020
capa do livro
capa do livro
© FEUC

Acabou de ser publicado um novo livro intitulado “Um Vírus que nos (Re)Une: Reflexões da FEUC”. A obra, organizada por Álvaro Garrido e Hermes Augusto Costa foi publicada pela Vida Económica.

Este livro reúne contributos inéditos sobre a pandemia, produzidos por docentes e investigadores/as da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) ao longo de 2020 (iniciados no quadro do FÓRUM COVID-19, CAMINHOS E IDEIAS desencadeado no site da FEUC). Numa Faculdade multidisciplinar e intercultural com quase meio século de vida, as áreas de especialização de cada autor/a distribuem-se por vários eixos temáticos, a partir dos quais são feitos diagnósticos e identificados possíveis caminhos para um bom regresso à “normalidade”. Mesmo que de modo imprevisto, o vírus contribuiu para (re)unir a instituição, colocando em primeiro plano o que se espera da Universidade e dos espaços académicos: uma racionalidade capaz de apoiar escolhas difíceis e um compromisso mais forte do que nunca com a comunidade.

Estrutura da obra

Acolhendo contributos de distintas áreas disciplinares, o livro está dividido em 8 secções:

- as filosofias do vírus e a condição humana

- vulnerabilidades que acentuam desigualdades

- economia política, crise e finanças

- políticas públicas, saúde e União Europeia

- a cidade, riscos e violências

- a sociedade digital em construção

- empresas, trabalhadores e indústrias globais

- direitos humanos, solidariedades e alternativas

Público alvo:

Este livro constitui um importante auxílio para todos/as aqueles/as que não podem ficar indiferentes ao grande tema que nos invadiu em 2020 e que condicionará o nosso futuro coletivo. As reflexões nele reunidas são de particular interesse não apenas para um público académico (composto por docentes, investigadores e estudantes), mas para cidadãos em geral, interessados nos desafios da contemporaneidade em distintas áreas do saber.