Eventos

Exposição Fotográfica | (des)encontros | Rita de Almeida

19 agosto, 2022≈ 3 mins de leitura

Exposição Fotográfica | (des)encontros | Rita de Almeida

Está patente no Bloco de Ensino da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, a Exposição Fotográfica (des)encontros de Rita de Almeida, doutoranda da FEUC.

Nós, brasileiros, somos um povo em ser e impedido de sê-lo. Um povo mestiço na carne e no espírito. Assim fomos feitos e ainda continuamos nos fazendo. Somos um povo novo na luta para nos fazermos como gênero humano que nunca existiu antes. Tarefa difícil e penosa, mas também bela e desafiante.

O que somos é uma Roma tardia e tropical que se afirmou pela magnitude populacional, e procura agora reconhecer-se também pela criatividade artística e cultural.

Estamos nos construindo na luta para florescer como uma nova civilização, mestiça e tropical, orgulhosa de si mesma. Mais alegre, porque mais sofrida. Mais completa, porque composta por muitas humanidades. Mais generosa, porque aberta à convivência de raças e culturas, assentada na mais bela e luminosa província da Terra.

Adaptado de Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro: a formação e o sentido do Brasil

Rita de Almeida

Eu sou brasileira, na mais pura mestiçagem: de origem indígena na maior porção, neta de ventre alemão, uma longínqua história de amor negro e, pelo sobrenome, portuguesa com certeza.

Jornalista pelo desejo eterno de descobrir. Especialista em património cultural em atenção às memórias circulantes, mestre em Recursos Hídricos para a água existir na medida certa, e doutoranda em Território, Risco e Políticas Públicas no empenho de um planeta saudável para as futuras gerações.

E a fotografia? Uma paixão antiga de admirar o mundo com encanto e alegria, porque a “vida é bonita, é bonita e é bonita!”

Ah! Meu Brasil!

Partilhe