O XII Congresso Português de Sociologia irá realizar-se em Coimbra, nos dias 4, 5 e 6 de abril de 2023. O tema do congresso será Sociedades polarizadas? Desafios para a sociologia.

SITE DO CONGRESSO

A simplificação de fenómenos sociais complexos tem conduzido a um debate alargado sobre a polarização crescente das sociedades em que vivemos. Marcando as tendências de transformação social a que assistimos, a polarização tomou conta do debate intelectual e de agendas comerciais, políticas e ideológicas. Um renovado e sagaz olhar sociológico torna-se uma condição fundamental para analisar e enfrentar a fragmentação crescente da sociedade em torno de questões cruciais para o futuro coletivo da humanidade.

Visões, elas próprias, contraditórias e fraturantes de um mundo ora unipolar, ora bipolar, ora multipolar, ou até mesmo marcado por polaridades emergentes constituem um desafio inicial para o debate sociológico nos diversos domínios em que a APS se organiza enquanto sociedade científica e profissional.

Se os polos que se afirmam e se consolidam na estratificação social refletem dramaticamente as desigualdades sociais que nos revelam hiatos crescentes entre os mais ricos e os mais pobres, os mais e os menos escolarizados, ou que evidenciam o acantonamento das classes médias, convidando a leituras bipolares, que novas dinâmicas permitem enfrentar uma sociedade de fossos crescentes e aparentemente intransponíveis?

Os desafios que a polarização traz à sociologia estendem-se atualmente a domínios cruciais dos processos e da ação social, atravessando, entre outros, o mundo do consumo, das religiões, das identidades, da sexualidade e do género, da infância, da cultura e da ciência. Neste contexto, a digitalização da sociedade e da economia, ao mesmo tempo que abre novas possibilidades, cria e acentua dinâmicas de polarização. Até que ponto os novos media sociais, para além do impacto geral nas interações e nas práticas sociais, são, eles mesmos, um fator que impulsiona formas de polarização?

A modificação das relações de trabalho e de emprego trazida pela economia das plataformas é mais um fator de exclusão do mercado de trabalho ou mais um fator de desqualificação para ocupações rotineiras crescentemente precarizadas? Que oportunidades traz consigo e quem delas beneficia? De que forma e até que ponto a polarização dos empregos ameaça e obriga a repensar mecanismos de ação social e políticas públicas?

No plano territorial, onde se manifestam fenómenos relacionados com o turismo, as migrações, o desporto, a polarização urbana acentua tendências de concentração em lugares centrais e faz emergir novos desafios, quer para as centralidades, quer para as periferias. Neste contexto, qual o lugar e que formas de articulação entre políticas centrais e locais podem contribuir para abordar uma polarização que acentua exclusões e desigualdades de natureza territorial?

Se a pandemia cavou e reforçou clivagens, se pulverizou o universo das emoções, em que domínios mais exacerbou a polarização? Que consequências trouxe para a confiança depositada nas instituições e organizações que nas áreas da saúde, da educação, da justiça e da administração estruturam o funcionamento das sociedades e que vivemos? Qual o lastro das políticas securitárias que acabou por legitimar, designadamente em matéria de segurança?

O Congresso Português de Sociologia será um momento de encontro em presença e à distância para muitos dos colegas de profissão a trabalhar na investigação ou no terreno em que a partilha e discussão de conceitos, teorias, metodologias e práticas n(d)a sociologia poderão semear novas respostas para os desafios que enfrentamos.

Apelamos à participação de todas e todos neste encontro crucial para a sociologia em português e que há tanto tempo esperamos!

Discutir se a polarização da sociedade nos conduziu ou não a um ponto de não retorno é um dos objetivos do XII Congresso Português de Sociologia sob o lema Sociedades Polarizadas? Desafios para a Sociologia, que se realizará de 4 a 6 de abril de 2023, sob a organização da APS e da comissão local do grupo de sociologia da FEUC, do CES, da CMC e da CIM.

Envio de resumos até 30 de novembro de 2022

Submeta da sua propostas AQUI

O XII Congresso irá realizar-se na modalidade presencial existindo também a possibilidade de realização de sessões de apresentação de comunicações das Secções/Áreas Temáticas na modalidade online.

Ao entregar a sua proposta deverá indicar se a sua participação será presencial ou online. O programa irá assim ter algumas sessões presenciais e outras online.

Quem se tiver inscrito na modalidade presencial fará a apresentação da sua comunicação numa sessão exclusivamente presencial mas poderá assistir às sessões online que desejar.

Quem se tiver inscrito na modalidade online fará a apresentação da sua comunicação numa sessão exclusivamente online e terá acesso a todas as sessões online que desejar.