Economia

A licenciatura em Economia (1º ciclo) promove a aprendizagem dos conhecimentos fundamentais e das competências necessárias ao desempenho de funções especializadas no domínio da economia. A perspetiva adotada assenta no desenvolvimento do espírito crítico por forma a sustentar percursos profissionais dinâmicos num contexto de mudança.

Tipo de Curso | 1º Ciclo / Licenciatura
Coordenadores do Curso | Luís Moura Ramos e Maria da Conceição Pereira
Numerus Clausus (vagas) | 154
Duração | 3 anos
Prova de Ingresso | Prova nacional: Matemática A

¬ DGES - Guia Geral de Exames 2021

Plano Curricular indicativo
ano letivo 22-23 | Unidades curriculares - Conteúdos programáticos
ano letivo 21-22 | Unidades curriculares - Conteúdos programáticos

Apresentação


A Licenciatura em Economia (1º Ciclo) procura fornecer aos/às estudantes a capacidade crítica para apreciar os contributos mais relevantes da ciência económica e as qualificações técnicas essenciais para poderem desempenhar funções especializadas que o mercado de trabalho costuma destinar aos/às economistas.

Os/As estudantes devem ter formação nas áreas nucleares da ciência económica, em métodos quantitativos, em gestão e contabilidade e em outras ciências sociais complementares como a história, o direito.

Para todos os/as estudantes que se inscrevam pela primeira vez, pode ser designado um/a Tutor/a que o/a acompanha ao longo do 1º Ciclo e o aconselha na escolha do perfil de curso que melhor se adapte às suas preferências e aptidões.

¬ Regime Tutorial

Estrutura curricular


A Licenciatura em Economia (1º Ciclo), com a duração de três anos (seis semestres), é atribuída a quem obtiver 180 ECTS, repartidos por unidades curriculares de acordo com a estrutura curricular - obrigatórias de um tronco comum (144 ECTS) e optativas (36 ECTS).

A inscrição nas unidades curriculares optativas está sujeita à aprovação pela coordenação de forma a assegurar o cumprimento dos regulamentos e dos limites de inscrições em cada unidade curricular.

A inscrição nas unidades curriculares optativas está sujeita à aprovação pela coordenação de forma a assegurar o cumprimento dos regulamentos e dos limites de inscrições em cada unidade curricular.

» A seleção das unidades curriculares de opção deverá ter em consideração o número de ECTS opcionais mínimo e máximo previsto por área científica na estrutura curricular: nas áreas científicas “Gestão”, “Sociologia” e “Ciência Política-Relações Internacionais” poderão ser escolhidos entre 0 e 24 ECTS, nas de “Direito”, “História”, “Línguas”, “Métodos Quantitativos” e “Sistemas de Informação” entre 0 e 12 ECTS e na área científica “Economia” entre 6 e 36 ECTS (incluindo obrigatoriamente Seminário de Economia Europeia ou Seminário de Economia Portuguesa).

» Na seleção das unidades curriculares de opção deverá ter em consideração a informação relativa às Calendário, Vagas e Condições de Seriação

Os/As estudantes que reúnam pelo menos 30 ECTS em unidades curriculares de opção numa das áreas científicas das restantes licenciaturas (Gestão, Sociologia ou Relações Internacionais) obtêm um menor nessa área científica. Os menores consistem em componentes secundárias específicas que abrangem áreas disciplinares da FEUC, segundo o Plano Curricular indicativo, que permitem alargar as competências adquiridas, reforçando, assim, a sua preparação em áreas específicas do seu interesse.

A inscrição nos menores carece de candidatura, sujeitas ao cumprimento dos critérios e das vagas definidas anualmente.

¬ Candidaturas

Prémio FEUC Exemplar 1º CICLO


O prémio de mérito “FEUC Exemplar 1º CICLO” visa galardoar os melhores estudantes das Licenciaturas em Economia, Sociologia, Gestão e em Relações Internacionais, incentivando a continuidade dos seus estudos e a realização de investigação científica na Faculdade. Esta distinção consiste na oferta, em cada ano letivo, ao/à melhor estudante de uma das quatro licenciaturas, de um apoio à investigação com o valor mensal de 350€, durante 18 meses consecutivos, com início em outubro do ano letivo subsequente ao ano de conclusão da licenciatura.

Acesso a um nível de estudos superior


Os/As estudantes que completarem o 1º Ciclo poderão obter um Diploma de Estudos Avançados (DEA), mediante a frequência de dois semestres suplementares.

A Licenciatura em Economia proporciona o acesso a vários cursos de 2º Ciclo da FEUC, entre os quais o Mestrado de Contabilidade e Finanças (MCF). Este mestrado fornece, entre outras, competências para a acesso à profissão de Contabilista Certificado.

Para este efeito os estudantes da Licenciatura em Economia, deverão realizar as unidades curriculares mencionadas em LISTA DAS DISCIPLINAS A CONSIDERAR PARA A PROFISSÃO DE CONTABILISTA CERTIFICADO.

Saídas Profissionais


Os/As licenciados/as em Economia estão aptos/as a desempenhar funções em órgãos de administração central e local, da banca e outras instituições financeiras, organismos reguladores e de gestão de empresas.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO