a carregar...

CLP

Centro de Literatura Portuguesa

Grupos




Imagem - Grupo Património Literário

Amadeo de Souza-Cardoso, [título desconhecido] (1917). © Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian.



Grupo "Património Literário" (2014-2020)

Coordenadora: Maria Helena Santana

Entendendo-se a literatura portuguesa como efeito sedimentado de um conjunto de manifestações literárias inscritas num tempo muito alargado, entende-se também que é prioritário salvaguardar, no plano da investigação, a feição patrimonial dessas manifestações. Elas devem ser encaradas como parte da nossa memória ou como um ativo simbólico, cuja preservação, estudo e abordagem hermenêutica contribuem decisivamente para o nosso autoconhecimento e autoidentificação, com óbvias consequências na formação educativa do presente e do futuro. Nesse sentido, os atos de leitura que favorecem a interpretação ou a reinterpretação dos textos ajudam a manter viva aquela feição patrimonial. Para além disso, enquanto manifestações artísticas com componente material (plasmada em livros, manuscritos, coletâneas, objetos e modos de escrita), as práticas literárias carecem de cuidados e de ações de salvaguarda, em especial em dois domínios correlatos: o das edições e o das transferências de suportes. Como parece óbvio, é esta a área estratégica que mais expressivamente distingue o CLP, também tendo em conta o trabalho já realizado ao longo dos anos.

1. Projetos do Grupo de Investigação “Património Literário”
Edição Crítica das Obras de Eça de Queirós
Edição Crítica das Obras de Almeida Garrett
Arquivo Digital de Carlos de Oliveira

  2. Investigadores do Grupo de Investigação “Património Literário”
Ana Paula dos Santos Duarte Arnaut
Carlos António Alves dos Reis
Cristina Maria da Silva Robalo Cordeiro
José Augusto Cardoso Bernardes
Maria Eduarda Borges dos Santos
Maria Helena Jacinto Santana
Maria João Albuquerque Figueiredo Simões
Maria Marta Dias Teixeira da Costa Anacleto
Maria do Rosário Neto Santos Mariano
Maria do Rosário Cunha Duarte
Ofélia Milheiro Caldas Paiva Monteiro
Osvaldo Manuel Alves Pereira Silvestre
Ricardo Namora de Melo Teixeira
Rita Maria da Silva Marnoto
Rosa Maria Baptista Goulart
Sandra Cristina de Jesus Boto
Estudantes de Doutoramento
Irene Maria Leandro Rodrigues Fialho
Gitika Gupta
Sara Alexandra Simões dos Reis
Outros investigadores do Grupo
Ana Teresa Fernandes Peixinho de Cristo
Ángel Marcos de Dios
Eloísa Maria del Pilar Álvarez Fernandez
Elsa Maria Branco da Silva
Erik Van Achter
Evelina Pereira da Silva Verdelho
Fernando Augusto Machado
João Miguel Quaresma Mendes Dionísio
Juan M. Carrasco González
Luiza Maria Nóbrega
Maria Paula Nina Morão
María Rosa Álvarez Sellers
Pedro Emanuel Rosa Grincho Serra
Perfecto Cuadrado Fernández
Sérgio Nazar David
  
  
Imagem - Grupo Língua Portuguesa

Júlio Pomar, Mêlée (1968). © Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian.



Grupo "Língua Portuguesa" (2014-2020)

Coordenador: José Cardoso Bernardes

Postula-se a língua portuguesa como prioridade estratégica, tendo-se em conta a  sua implicação na expressão, na evolução e na configuração histórica e cultural da literatura portuguesa. Sem se confundir com os propósitos nem com as metodologias  próprias dos estudos linguísticos (e em particular dos estudos de linguística aplicada), a opção estratégica pela língua portuguesa conduz, de forma indireta mas consequente, a uma sua valorização, nos planos funcional, simbólico e político, induzida pela investigação em literatura portuguesa. Para além disso, quando se privilegia a língua portuguesa como prioridade, pensa-se ainda em dois campos que lhe estão associados: o campo do ensino, sendo hoje consensual que uma pedagogia da língua equilibrada e aberta às várias dimensões que a comunicação linguística comporta não dispensa o estudo dos textos literários; o campo global da língua portuguesa, também  chamado da lusofonia, uma vez que, para além da literatura nacional (conceito desgastado por pressupostos ideológicos que no passado foram dominantes), a língua portuguesa modula-se e enriquece-se noutros países em que ela é idioma oficial.

1. Projetos do Grupo de Investigação “Língua Portuguesa”
Ensino da Língua e Literatura Portuguesa
Sexualidades e Género nas Literaturas Africanas e a Língua Portuguesa

  2. Investigadores do Grupo de Investigação "Língua Portuguesa"
Alberto Sismondini
Amélia Maria Loureiro Correia
Ana Maria e Silva Machado
António Apolinário Caetano da Silva Lourenço
Carlos Manuel Alves Machado
José António de Magalhães Gomes
José Augusto Cardoso Bernardes
José Luís Pires Laranjeira
Lola Geraldes Xavier
Maria Aparecida Ribeiro
Maria Cristina de Almeida Mello
Maria Helena Jacinto Santana
Maria Madalena Marcos Carlos Teixeira da Silva
Pedro Balaus Custódio
Rui Guilherme Figueiredo da Silva
Rui Manuel Afonso Mateus
Estudantes de Doutoramento
Azzurra Rinaldi
José William Craveiro Torres
Paulo Geovane e Silva
Paulo Jorge Pedrosa Santos Gomes
Sandro Patrício Gama Nóbrega
Silvia Brunetta
Outros investigadores do Grupo
Maria do Céu Amaral Fortes de Fraga Amaral
Maria Luisa Rodrigues de Carvalho Branco
Telmo Santos Verdelho
  
  
Imagem - Grupo Teoria da Literatura

Paula Rego, The Vivian Girls as Windmills (1984). © Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian.



Grupo "Teoria da Literatura" (2014-2020)

Coordenador: Carlos Reis

Sendo sabido que, em particular no plano do ensino, o lugar da teoria não corresponde hoje àquele que conheceu durante grande parte da segunda metade do século XX,  é igualmente certo que ela constitui uma matéria de investigação que não pode ser descurada. Obedecendo sobretudo a uma lógica de investigação fundamental, a sua condição de domínio vocacionado para a indagação conceptual, para a problematização epistemológica e para a correlacionação interdisciplinar confere-lhe um lugar destacado em múltiplas áreas de investigação aplicada. Num centro de investigação em literatura portuguesa, a interação aqui implícita  determina o entendimento da teoria como prioridade estratégica. 

1. Projetos do Grupo de Investigação "Teoria de Literatura"
Figuras da Ficção
Literatura, Imagologia e Transnacionalismo: Representação de Migrações

Redes internacionais:

  2. Investigadores do Grupo de Investigação "Teoria da Literatura"
Alexia Dotras Bravo  
Ana Luísa Liberato Vieira Vilela
Ana Paula dos Santos Duarte Arnaut
António Apolinário Caetano da Silva Lourenço
Carlos António Alves dos Reis
Cristina Maria da Costa Vieira
João da Costa Domingues
Maria Cristina de Almeida Mello
Maria do Rosário Cunha Duarte
Maria Eduarda Borges dos Santos
Maria João Albuquerque Figueiredo Simões
Maria Marta Dias Teixeira da Costa Anacleto
Marisa das Neves Henriques
Paulo Jorge Silva Pereira
Rosa Maria Baptista Goulart
Sara Manuela Ribeiro Martins Augusto
Estudantes de Doutoramento
Leonardo Barros Medeiros
Raquel Brandão do Serro
Roberto Loureiro Junior
Rodrigo do Prado Bittencourt
Outros investigadores do Grupo
Ana Teresa Fernandes Peixinho de Cristo
  
  
Imagem - Grupo Mediação Digital e Materialidades da Literatura

Ana Hatherly, sem título (1964). © Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian.



Grupo "Mediação Digital e Materialidades da Literatura" (2014-2020)

Coordenador: Manuel Portela

As mudanças nas tecnologias de comunicação ocorridas nas últimas três décadas alteraram quer os regimes de representação dos média, quer os regimes de representação baseados nos códigos da letra e da escrita. Esta modificação resultou num novo capítulo na teoria crítica sobre as materialidades da comunicação, com reflexos na investigação das formas literárias. O objetivo do Grupo de Investigação "Mediação Digital e Materialidades da Literatura" é desenvolver uma área emergente de investigação, centrada na análise das materialidades da literatura – materialidades do som, da voz, da performance, da imagem, da escrita, e ainda as materialidades digitais que caracterizam  práticas e formas literárias contemporâneas. A análise da materialidade implicará também uma reflexão sobre a mediação tecnológica nas suas relações com a literatura – impressão, livro, fotografia, fonografia, máquina de escrever, cinema, rádio, televisão, vídeo, computador digital, telemóvel, média locativos e sociais – e uma teoria geral da literatura enquanto sistema de inscrições. O contexto atual originou novos métodos de análise literária, muitas vezes subsumidos sob a designação de 'Estudos Literários Digitiais' e 'Humanidades Digitais'. Estas transformações teóricas e tecnológicas relocalizaram o "literário" num ambiente medial e é esta relocalização tecno-social da experiência literária que este grupo se propõe investigar.

Objetivos

O Grupo de Investigação "Mediação Digital e Materialidades da Literatura" tem os seguintes objetivos fundamentais:

1. abrir e expandir um campo de pesquisa que analisa as relações entre tecnologias de inscrição e significação literária;

2. desenvolver uma teoria geral da mediação, da tecnologia e da materialidade nas práticas literárias;

3. desenvolver uma perspetiva de estudos comparados dos média na investigação da literatura, através de análises intermediais, interculturais e interlinguísticas;

4. desenvolver novos métodos (incluindo métodos digitais) no estudo de obras literárias que tenham impacto sobre a investigação e as metodologias em todo o campo;

5. traduzir os resultados da investigação em curso em arquivos digitais e outras formas de bases de dados estruturadas, disponibilizando-os para posterior estudo e pesquisa, bem como para uso geral;

6. articular de forma estruturada o conjunto da investigação desenvolvida no âmbito do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, enquadrando nos projetos do Grupo todas as teses de doutoramento em curso e integrando plenamente os jovens investigadores nas atividades do CLP.

1. Projetos do Grupo de Investigação "Mediação Digital e Materialidades da Literatura"
Projeto 1. Arquivo LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego (2012-2017)
Projeto 2. Ex Machina: Inscrição e Literatura (2015-2020)
Projeto 3. Vox Media: O Som na Literatura (2015-2020)
Projeto 4. ReCodex: Formas e Transformações do Livro (2015-2020)

  2. Investigadores do Grupo de Investigação "Mediação Digital e Materialidades da Literatura"
Ana Maria e Silva Machado
António Apolinário Caetano da Silva Lourenço
Manuel José de Freitas Portela
Osvaldo Manuel Alves Pereira Silvestre
Paulo Jorge Silva Pereira
Ricardo Namora de Melo Teixeira
Sara Manuela Ribeiro Martins Augusto
Estudantes de Doutoramento
Ana Carolina da Silva Martins (PD/BD/113767/2015)
Ana Maria Ângelo Marques da Silva (PD/BD/52247/2013)
Ana Maria da Silva Alves Sabino Domingues (PD/BD/105704/2014)
Ana Paula da Costa Cardoso Dantas Ribeiro
Ana Rita Sousa Reis Silva (PD/BD/105708/2014)
Ana Sofia Sequeira Madeira de Albuquerque e Aguilar (PD/BD/128027/2016)
Bruno Daniel Ministro dos Santos (PD/BD/105707/2014)
Bruno Miguel Pinto Lara Guerra Fontes (PD/BD/105701/2014)
Caio Di Palma de Souza Medeiros (PD/BD/52248/2013)
Catarina Maria Figueiredo Cardoso
Diogo Alexandre da Silva Marques (PD/BD/52249/2013)
Élia Sofia Antunes Ramalho
Ernest Bowes Junior (BEX /2017-09)
Fabiana dos Santos Sousa
Fábio Waki (PD/BD/2016)
Giorgia Casara (PD/BD/113769/2015)
Ian Ezerin (PD/BD/113771/2015)
Joana Bárbara Silva Luís Fonseca (PD/BD/128026/2016)
Júlia Parreira Zuza Andrade (BEX 1858/2015-07)
Liliana Alexandra Ferreira Vasques
Maíra Borges Wiese (BEX 1819/2015-08)
Maria Cecília Palma Magalhães
Maria Raquel Vasconcelos Gonçalves
Mariana Chinellato Ferreira
Marie Claire De Mattia (PD/BD/128036/2016)
Nuno Miguel Calado Vasco dos Santos Neves (PD/BD/52250/2013)
Priscila Oliveira Monteiro Moreira
Ricardo António Rosa Brites
Rita Catania Marrone (PD/BD/105709/2014)
Rita Cristina de Almeida Gomes
Rui Manuel Pinheiro Cruz Dias da Silva (PD/BD/128025/2016)
Samuel Filipe de Magalhães Teixeira
Sandra Sofia de Fonseca Bettencourt Pinto (PD/BD/52251/2013)
Sofia Madalena Gonçalves Escourido
Tiago José Miranda Santos (PD/BD/113768/2015)
Tiago Schwäbl Martins
Investigadores de pós-doutoramento
Daniela Côrtes Maduro
Diego Emanuel Giménez Celano
José António Geraldo Marques da Silva
Joshua Alma Enslen
Manaíra Aires Athayde
Matheus Barbosa Morais de Brito
Mauren Pavão Przybylski
Sónia Filipa Silvestre de Deus Ferreira
Outros investigadores do Grupo
Abel José Barros Baptista
António Manuel Ferreira Rito Silva
Fernando Matos de Oliveira
Luís Manuel Santos Lucas Bento Pereira
Maria Clara Bicudo de Azeredo Keating
Paulo Jorge de Sousa Meneses
Pedro Emanuel Rosa Grincho Serra
Rui Manuel Ferreira Leite Soutelo Torres