Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

LEPLE: Literatura no Ensino de Português como Língua Estrangeira

Coordenação: Ana Maria Machado


1. Identificação e Objetivos

O projeto LEPLE (Literatura no Ensino de Português como Língua Estrangeira) tem como principal objetivo introduzir a leitura extensiva de contos retextualizados da literatura portuguesa dos séculos XIX-XXI, no ensino de Português como língua estrangeira (PLE). Numa primeira fase, o projeto visa o nível de iniciação (A1, segundo o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas).


2. Metodologia

A definição do corpus teve em conta a presença dos textos no cânone escolar. Assim, entre 2016 e 2017 procedeu-se à retextualização da novela O Senhor Ventura, de Miguel Torga, e à sua testagem em sala de aula; e em 2018 retextualizaram-se mais quatro contos (Eça de Queirós, “A aia”; Vergílio Ferreira, “A estrela”; Mário de Carvalho, “Jano”; Lídia Jorge, “A instrumentalina”) que, após testagem, serão introduzidos na plataforma Moodle da Universidade de Coimbra, mediante colaboração do Ensino a Distância. A plataforma, em construção, contemplará as adaptações, ilustrações e hiperligações para esclarecimento lexical, exercícios de compreensão e ficheiros áudio.


3. Equipa

O projeto mobiliza uma pequena equipa de investigação (Anabela Santos Fernandes, Maria Helena Jacinto Santana, Maria João Albuquerque Simões, Rui Afonso Mateus, Vera Lúcia Costa), coordenada por Ana Maria Machado, um conselho consultivo (Ana Martins, Cristina Martins, José Augusto Cardoso Bernardes), além da equipa técnica (plataforma, ilustração e som).


4. Parcerias

A afiliação do LEPLE a dois centros de investigação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Centro de Literatura Portuguesa – Grupo de Investigação “Património Literário” – e CELGA-ILTEC – Linha Temática "Português em contacto”) tira partido do elevado número de alunos estrangeiros que  estudam português nesta instituição e da consequente experiência dos docentes na lecionação de língua, cultura e literatura a esse universo estudantil. O projeto conta ainda com a parceria com o Instituto Camões, I.P., responsável pela sua disseminação no exterior, no âmbito da sua atividade de promoção da língua, cultura e literatura portuguesas.