Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Seminário por Jerónimo Pizarro: «A Ansiedade da Unidade: Uma Teoria da Edição»

Add this event to my calendar

Publication date: 03-12-2013 18:33

Location: Sala de Seminário de Estudos Ingleses (6º piso, FLUC)
Start: 05-12-2013
End: 05-12-2013
   
Cartaz - Seminário das Materialidades da Literatura Jerónimo Pizarro  Jerónimo Pizarro, professor na Universidade de Los Andes (Bogotá), Titular da Cátedra de Estudos Portugueses do Instituto Camões na Colômbia, lecionará um seminário intitulado «A Ansiedade da Unidade: Uma Teoria da Edição», no próximo dia 5 de dezembro de 2013, pelas 14h30, na Sala de Seminário de Estudos Ingleses (6º piso, FLUC). A visita de Jerónimo Pizarro à Universidade de Coimbra decorre no âmbito do projeto «Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego» (CLP, Universidade de Coimbra, 2012-2015, referência COMPETE: FCOMP-01-0124-FEDER-019715; referência: PTDC/CLE-LLI/118713/2010). Este seminário é uma organização conjunta do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura e dos Programas de Doutoramento e Mestrado em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino. As inscrições para a sessão serão limitadas, podendo os interessados inscrever-se pelo correio eletrónico do programa em Materialidades da Literatura: materialidades.da.literatura@gmail.com

Resumo

Em 1973 foi publicado o livro The Anxiety of Influence: A Theory of Poetry, de Harold Bloom. Uma variação deste título pode ser útil hoje para descrever um outro tipo de ansiedade, o da unidade, não menos abrangente e condicionante do que o da influência. Tanto o campo da edição, como o da interpretação são campos que, contra a realidade e todas as provas materiais, vivem imersos nesse outro tipo de ansiedade. Quer a interpretação, preocupada com a intenção do autor, da obra ou do leitor, quer a edição, angustiada com as intenções finais do autor e o estabelecimento do copy-text, parecem, por vezes, pouco capazes de se libertarem dessa ansiedade do uno e de se adaptarem à existência do múltiplo. Esta conferência procurará fazer um novo apelo a uma necessária mudança de paradigma, atendendo, em especial, às novas e libertadoras possibilidades abertas pela edição eletrónica. Atenção especial será dedicada a Fernando Pessoa e ao Livro do Desassossego. JP

Jerónimo Pizarro é doutorado em Linguística Portuguesa pela Universidade de Lisboa e em Literaturas Hispânicas pela Universidade de Harvard. Foi Professor do Programa de Crítica Textual da Universidade de Lisboa e é membro do grupo de trabalho que desde 1988 publica a edição crítica das obras completas de Fernando Pessoa. As suas áreas de interesse e conhecimento são a crítica textual, as literaturas hispânicas e as literaturas de expressão portuguesa. Tem editado e organizado vários livros, entre os quais a primeira edição crítica-genética do Livro do Desassossego (Imprensa Nacional–Casa da Moeda, 2010) e o volume coletivo Portuguese Modernisms: Multiple Perspectives on Literature and the Visual Arts (Legenda, 2011). Duas das suas últimas edições são Eu sou uma antologia: 136 autores fictícios (co-organizada com Patrício Ferrari; Tinta da China, 2013) e uma nova edição do Livro do Desassossego (Tinta da China, 2013). Entre os seus livros de ensaios, refiram-se Pessoa Existe? (Ática, 2012) e La mediación editorial: sobre la vida póstuma de lo escrito (Iberoamericana-Vervuert, 2012). Foi distinguido em 2013 com o Prémio Eduardo Lourenço.