Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Apresentação

A Secção de Estudos Anglo-Americanos surgiu após a departamentalização da FLUC, sucedendo ao Grupo de Estudos Anglo-Americanos que, por sua vez, tinha resultado da cisão em dois grupos, nos fins da década de 1970, da antiga Filologia Germânica. A partir desse momento, e com o reforço de contratações depois de 1974, foi possível gradualmente consolidar a especialização das suas duas áreas distintas de investigação e ensino, a Anglística e a Americanística. Aqui reside a sua singularidade e também a sua complexidade no conjunto das Secções de Línguas Modernas desta Faculdade. Nos cursos ministrados pela SEAA está sempre patente a promoção do conhecimento das duas culturas unidas pela língua e pela matriz cultural, mas que se têm enriquecido e complexificado ao longo de uma história colonial, abrindo-se a outros mundos e culturas e convertendo a língua inglesa numa das mais, se não a mais influente no mundo.

A SEAA, cuja produção científica e intervenção universitária lhe outorgaram o reconhecimento no plano nacional e internacional, reúne um conjunto de docentes de carreira, para além de um conjunto de Leitores, falantes de inglês como língua materna, que garantem a docência nos três ciclos de formação: licenciatura, mestrado e doutoramento.

O 1º Ciclo, conferente do grau de Licenciatura, tem três anos de duração. A oferta formativa conjuga o estudo avançado da língua inglesa, com o de linguística de língua inglesa e o de literaturas e das culturas de língua inglesa. A SEAA é responsável pela criação de duas unidades curriculares que abrem outros horizontes aos/às estudantes do 1º Ciclo — Poética e Escrita Criativa e Temas dos Feminismos Contemporâneos.

Presentemente, os Estudos Anglo-Americanos figuram como área de especialização (Estudos Ingleses ou Estudos Americanos) dentro de um 2º Ciclo e de um 3º Ciclo das Línguas Modernas, respetivamente o 2º Ciclo em Estudos de Cultura, Literatura e Línguas Modernas e o 3º ciclo em Línguas Modernas: Culturas, Literaturas, Tradução.

Além disso, a SEAA tem contribuído para a abertura e consolidação de áreas interdisciplinares de investigação e ensino, designadamente: Estudos Feministas (2º e 3º Ciclos), Discursos: Cultura, História, Sociedade (3º Ciclo) e Materialidades da Literatura (3º Ciclo). Docentes da SEAA colaboram também na Licenciatura em Estudos Artísticos, no Mestrado em Tradução e no Mestrado em Ensino de Inglês e Língua Estrangeira.

A SEAA tem desenvolvido empenhadamente o seu potencial de internacionalização. Desde o início dos anos 90, através do programa Erasmus, tem construído um amplo leque de cooperação e intercâmbio com outras universidades, nomeadamente no Reino Unido e na República da Irlanda, abrindo oportunidades a estudantes tanto da licenciatura como da pós-graduação. Todos os anos, dezenas de estudantes de muitos países europeus frequentam os nossos cursos, que são dos poucos dentro da UC que são ensinados em inglês. Também temos ligações com instituições de outros países fora da Europa, como os Estados Unidos, Canadá e Austrália. A SEAA também tem colaborado no mestrado internacional Roads to Democracy, numa parceria da UC com a Universidade de Siegen.

Recebemos regularmente visitantes de instituições estrangeiras e também nacionais para seminários e aulas abertas.