Universidade de Coimbra | www.uc.pt

link voltar a UC.PT Universidade de Coimbra
Imagem de identificação do subsite Imagem de apresentação do subsite
English Imprimir Tamanho de Letra Normal Aumentar Tamanho da Letra Aumentar Tamanho da Letra

Membros do Instituto de História e Teoria das Ideias

João Gouveia Monteiro

João Gouveia Monteiro

Professor Associado com Agregação

jgmonteiro@mail.telepac.pt

    
Interesses de investigação

História Militar Romana.
História Militar Medieval (em especial Cruzadas e Arte Militar dos séculos XIV e XV).

Trabalhos publicados

Livros

Fernão Lopes, texto e contexto, com Prefácio de José Mattoso. Coimbra, Editorial Minerva (Colecção “Minerva-História”, n.º 1), 1988 (161 pgs.). Esgotado. Prova de Aptidão Científica.

A Guerra em Portugal nos finais da Idade Média. Prefácio de José Mattoso. Lisboa, Editorial Notícias, 1998 (575 pgs.). Esgotado. Dissertação de Doutoramento.

Os Castelos Portugueses dos finais da Idade Média – presença, perfil, conservação, vigilância e comando. Lisboa, Edições Colibri/Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Colecção “Estudos”, n.º 29), 1999 (332 pgs.). Esgotado no editor.

Armeiros e armazéns nos finais da Idade Média. Viseu – Palimage Editores, Coimbra – Centro de História da Sociedade e da Cultura, 2001 (84 pgs.). Prefácio de Maria José Azevedo Santos.

Aljubarrota, 1385. A Batalha Real. Lisboa, Tribuna da História (Colecção “Batalhas de Portugal”), 2003 (128 pgs.). Por ter esgotado, foi publicada em 2007, pelo mesmo editor, uma 2.ª edição, ligeiramente revista.

Lições de História da Idade Média (séculos XI-XV). Coimbra, Faculdade de Letras (Colecção “Estudos”, n.º 58), 2006 (350 pgs.). Relatório Pedagógico apresentado em provas de Agregação.

Quatre Études d’Histoire Militaire Médiévale Portugaise. Coimbra, Centro de História da Sociedade e da Cultura e Palimage (Terra Ocre Edições), 2007 (142 pgs.). Conjunto de conferências proferidas na École Pratique des Hautes Études (Sorbonne, Paris) em 2003.

Vegécio – Compêndio da Arte Militar. Edição bilingue. Tradução de João Gouveia Monteiro e José Eduardo Braga. Estudo Introdutório, Comentários e Notas de João Gouveia Monteiro. Prefácio de Maria Helena da Rocha Pereira. Coimbra, Imprensa da Universidade, 2009 (c. 550 pgs., no prelo).

Capítulos ou partes de livros

O Reencontro de D. Pedro e D. Inês. João Gouveia Monteiro, Aníbal Pinto de Castro e Pedro Dias (Introdução de Manuel Viegas Abreu). Coimbra, Associação para o Desenvolvimento do Turismo da Região Centro, 1999. Foram publicadas uma tradução em francês (La rencontre de D. Pedro et D. Inês) e uma outra em inglês (The reunion of D. Pedro and D. Inês) da mesma obra.

Pera Guerrejar. Armamento Medieval no Espaço Português. Catálogo de Exposição, Câmara Municipal de Palmela, 2000, 434 pgs. Em colaboração com Mário Jorge Barroca e Isabel Cristina F. Fernandes

Aljubarrota Revisitada, Coordenação de João Gouveia Monteiro. Autores: João Gouveia Monteiro, Fernando Pedro Figueiredo, Lídia Catarino, Helena Catarino, Eugénia Cunha, Carina Marques e Vítor Matos. Coimbra, Imprensa da Universidade, 2001. Apresentação das conclusões dos trabalhos de investigação pluridisciplinares levados a cabo no Campo Militar de S. Jorge entre 1995 e 2001.

As Comunicações em Tempo de Guerra, in “As Comunicações na Idade Média”, direcção de Maria Helena da Cruz Coelho. Autores: Leontina Ventura, António Resende de Oliveira, Maria Helena da Cruz Coelho, Maria Alegria Fernandes Marques, Maria do Rosário Barbosa Morujão, José Antunes, João Gouveia Monteiro e Maria José Azevedo Santos. Fundação Portuguesa para as Telecomunicações, 2002.

Nova História Militar de Portugal (dir. de Manuel Themudo Barata e Nuno Severiano Teixeira), vol. I (sécs. XI-XV), autoria de Mário Jorge Barroca, João Gouveia Monteiro e Luís Miguel Duarte (com Coordenação e Prefácio de José Mattoso). Lisboa, Círculo de Leitores, 2003.

Nova História Militar de Portugal (dir. de Manuel Themudo Barata e Nuno Severiano Teixeira), vol. V, coordenação de Nuno Severiano Teixeira (onde assina, em colaboração com Vasco Jorge Rosa da Silva, o capítulo “A Vivência da Guerra no Outono da Idade Média”). Lisboa, Círculo de Leitores, 2004.

Diálogo de Civilizações. Viagens ao fundo da História, em busca do tempo perdido. Coordenação de João Gouveia Monteiro. Coimbra, Imprensa da Universidade, 2004.

Artigos

Releituras de Jean Jacques Rousseau, in “Vértice”, n.º 449 (Julho/Agosto de 1982), pp. 517-522.

Conflitos Políticos no Reino de Portugal entre a Reconquista e a Expansão. Estado da Questão (em colaboração com António Resende de Oliveira e José Antunes), in “Revista de História das Ideias”, vol. 6 (1984), pp. 25-160.

Orientações da Cultura da Corte na 1ª metade do século XV - a Literatura dos Príncipes de Avis, in “Vértice”, Nova Série, n.º 5 (Agosto de 1989), pp. 89-103.

Fernão Lopes e os cronistas coevos - o caso da “Cronica do Condestabre”, in “Revista de História das Ideias”, n.º 11 (1989), pp. 37-61.

A Arte militar em Portugal nos finais da Idade Média – estrutura de uma investigação, in “Actas do II Colóquio ‘Panorama e Perspectivas actuais da História Militar em Portugal’ – Mesa-Redonda sobre A História Militar nas Universidades Portuguesas”, Lisboa, 1991 (pp. 333-337).

Cavalaria montada, cavalaria desmontada e infantaria – para uma compreensão global do problema militar nas vésperas da Expansão Portuguesa, in “Revista de História das Ideias”, n.º 14 (1992), pp. 143-194.

Outras maneiras de pensar a Guerra, in “Actas do III Colóquio ‘Portugal e a Europa – séc. XVII a XX’ e Dia da História Militar”, Lisboa, 1992 (pp. 311-317).

Histórias da Guerra no Alentejo dos finais da Idade Média, in “Actas do IV Colóquio ‘A História Militar de Portugal no séc. XIX’ e Dia da História Militar”, Lisboa, 1993 (pp. 373-398).

Torneios, justas e feitos de armas: escolas de guerra e desporto de nobres no Ocidente medieval , in “Actas do V Colóquio ‘Do Infante e Tordesilhas’ e Dia da História Militar”, Lisboa, 1994 (pp. 293-364).

A campanha anglo-portuguesa em Castela, em 1387 – técnicas e tácticas da guerra peninsular nos finais da Idade Média, in “Actas do VI Colóquio ‘Portugal na História Militar’”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1995 (pp. 89-112).

A formação marcial dos guerreiros medievais portugueses. A teoria e a prática, in “Actas do VIII Colóquio de História Militar ‘Preparação e Formação Militar em Portugal’”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1997 (pp. 51-58).

A cultura militar da nobreza na primeira metade de Quatrocentos. Fontes e modelos literários, in “Revista de História das Ideias”, n.º 19 (1997/98), pp. 195-227.

O Armamento Militar Português nos finais da Idade Média, in Actas do Simpósio “A Técnica e a Viagem de Vasco da Gama”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1998 (pp. 99-111).

Estado Moderno e Guerra: Monopólio da Violência e Organização Militar, in Actas do Ciclo de Conferências “A Génese do Estado Moderno no Portugal Tardo-Medievo, sécs. XIII-XV”. Lisboa, Universidade Autónoma Editora (coordenação de Maria Helena da Cruz Coelho e Armando Luís de Carvalho Homem), 1999, pp. 79-93.

Arcaísmo ou modernidade do Exército Português nos finais da Idade Média? O contributo das Ordens Militares, in “Ordens Militares: guerra, religião, poder e cultura – Actas do III Encontro sobre Ordens Militares”. Lisboa, Edições Colibri / Câmara Municipal de Palmela, 1999, Volume 2 (pp. 259-275).

A Fronteira Luso-Castelhana nas preocupações militares da monarquia portuguesa (1350-1450), in “Revista Militar”, II Século – 52.º Volume – N.º 2377/2378 – Fevereiro-Março de 2000 (pp. 133-151);

Como quem conta uma história: a mais longa tarde portuguesa, in “Biblos – Revista da Faculdade de Letras”, vol. LXXVI, 2000 (pp. 57-67).

“Artificios” e “Engenhos” na poliorcética medieval portuguesa (séculos XIV-XV); in Catálogo da Exposição “Pera Guerrejar. Armamento Medieval no Espaço Português (sécs. IX-XV)”, Câmara Municipal de Palmela, 2000 (pp. 203-222).

Reformas góticas nos castelos portugueses ao longo do século XIV e primeira metade do século XV, in Actas do Simpósio Internacional sobre Castelos, “Mil Anos de Fortificações na Península Ibérica e no Magreb (500-1500)”. Coordenação de Isabel Cristina F. Fernandes, Edições Colibri-Câmara Municipal de Palmela, 2002 (pp. 659-666).

L’homme armé au Portugal, au XIVe et XVe siècles, in “L’homme armé en Europe, XIVe siècle –XVIe siècles”. Cahiers d’étude et de recherches du Musée de l’Armée (Paris), Année 2002, n.º 3 (pp. 67-94).

Os Castelos Medievais Portugueses (em colaboração com Maria Leonor Cruz Pontes). Lisboa, I.P.P.A.R. (Colecção “Guias Temáticos. Património”, n.º 1), Lisboa, 2002 (32 pgs.). Em simultâneo, foi publicada, pelo mesmo editor e na mesma colecção, uma tradução inglesa do mesmo texto: Portuguese Castles.

Um projecto museológico e de animação cultural para S. Jorge – Campo Militar de Aljubarrota, in “Os Reinos Ibéricos na Idade Média” – Livro de Homenagem ao Professor Doutor Humberto Carlos Baquero Moreno, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2003 (pp. 623-629).

Granada ou Marrocos? O 4.º Conde de Ourém e as opções expansionistas da nobreza de Quatrocentos, no contexto da arte militar da sua época (em colaboração com Paulo Jorge Agostinho); in Actas do Congresso “D. Afonso – 4.º Conde Ourém, e sua Época”, coordenação de Carlos A. André, Câmara Municipal de Ourém, 2004 (pp. 23-48).

Entre Lisbonne et Jérusalem. La poliorcétique au cours des quatre premières croisades (1097-1204); in « Revista de História da Sociedade e da Cultura », n.º 5, 2005 (pp. 9-79). Lição de Agregação.

A Batalha de Aljubarrota. Novas interpretações; in « Revista de História da Sociedade e da Cultura », n.º 6, 2006 (pp. 105-122).

D. João III e Júlio Henriques no melhor da história da Universidade de Coimbra; in “Biblos”, Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, II Série, volume VI, 2008 (pp. 73-83).

Vegécio e os sons da reforma militar romana: por um futuro cheio de passado! ; in “Revista de História das Ideias”, n.º 29, 2008 (pp. 159-190).

Estratégia e risco em Aljubarrota: a decisão de dar batalha à luz do “paradigma Gillingham”; in Actas das VI Jornadas Luso-Espanholas de História Medieval, 2008 (no prelo).

The Battle of Aljubarrota (1385): a reassessment; in “Journal of Medieval Military History”, vol. VII, 2009 (no prelo).

Entradas em Dicionários e Enciclopédias / Colaboração em Anuários e Colecções Temáticas de Jornais / Outros trabalhos

Biblos, Enciclopédia Verbo das Literaturas de Língua Portuguesa – entradas: “D. Duarte” (vol. 2, 1997, pp. 206-209), “D. João I” (vol. 2, 1997, pp. 1259-1262), “Leal Conselheiro” (vol. 2, 1997, pp. 1379-1380) e “Livro da Montaria” (vol. 3, 1999, pp. 194-195).

Dicionário de História Religiosa de Portugal (direcção de Carlos Moreira Azevedo), Lisboa, Círculo de Leitores, 2000 (entrada: “Guerra. I. Época medieval”: vol. 2, pp. 318-319).

Diário de Notícias, colecção de fascículos “Portugal e os Conflitos Internacionais – para uma história militar portuguesa”: assina o fascículo n.º 2 desta colecção: “Portugal e a Inglaterra à conquista de Castela (história breve de uma campanha medieval)”, publicado a 18 de Novembro de 1995 (10 pgs.).

JANUS 99-2000 – Anuário de Relações Exteriores, ed. PÚBLICO & Universidade Autónoma de Lisboa (entrada: “A História Militar Medieval Portuguesa”, pp. 16-17).

Jornal do Exército (Ano XL, N.º 469/470: Jan./Fev. de 1999, pp. 20-21): “Campo Militar de S. Jorge-Aljubarrota: um projecto à medida da batalha”.

Jornal do Exército (Ano XL, N.º 480: Dezembro de 1999, pp. 22-25): “Trabalhos no Campo Militar de S. Jorge. Estado da Questão”.

Dictionnaire des ordres militaires au Moyen Age (direction de Nicole Bériou et Philippe Josserand). Paris, Librairie Arthème Fayard – entrada: « Aljubarrota (Bataille d’)». No prelo.

Biblos, Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, II Série, volume IV, 2006 (pp. 581-585): “Sir Peter E. Russell, in memoriam”.

Fontes e Métodos da História Militar. Programa, Conteúdos e Métodos de ensino. Vol. I (Texto, 325 pgs.). Vol. II (Anexo: Iconografia, 98 pgs). Relatório da disciplina apresentado a concurso para Professor Associado. Faculdade de Letras, Coimbra, 2006.

E-Journal of Portuguese History (Volume 5, number 1, Summer 2007): “Sir Peter E. Russell – the 20th century in the palm of his hand” (Obituary Sir Peter Russell).

Rua Larga – revista da Reitoria da Universidade de Coimbra (n.º 22, Outubro de 2008, pp. 16-19): “A saga do Batalhão Académico de 1808”.

Recensões críticas / Notas de leitura

Ernst Kantorowicz, Los dos cuerpos del rey – un estudio de teología política medieval, trad. esp. Madrid, Alianza, 1985, 528 pgs. (ed. orig: 1957); in “Boletim da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais”, n.º 3, 1987 (pp. 11-14).

Aaron J. Gourevitch, Les Catégories de la Culture Médiévale, trad. franc. (com Prefácio de Georges Duby). Paris, Gallimard, 1983, 340 pgs. (ed. orig: Moscovo, 1972); in “Boletim da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais”, n.º 3, 1987 (pp. 14-19).

Victor Deodato da Silva, Cavalaria e Nobreza no Fim da Idade Média. Vol. I: A Crise do Combatente Montado (da guerra feudal à guerra moderna). Belo Horizonte, Itataia/S. Paulo, Universidade, 1990, 334 pgs; in “Penélope. Fazer e Desfazer a História”, n.º 8, 1992 (pp. 147-153).

Gérard Dédéyan, Les Arméniens entre Grecs, Musulmans et Croisés. Étude sur les pouvoirs arméniens dans le Proche-Orient méditerranéen (1068-1150). Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2003 (2 vols.); in « Biblos », Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, II Série, volume IV, 2006 (pp. 557-560).

Notas de Leitura publicadas na revista “Vértice”: Ler História, N.º 1, Janeiro-Abril de 1983 (in “Vértice”, N.º 453, Março/Abril de 1983, pp. 98-99); Enciclopédia Einaudi, Vol. I – “Memória-História” (in “Vértice”, N.º 462, Setembro/Outubro de 1984, pp. 84-85); A Europa na Idade Média: 1320-1450. Hierarquia e Revolta, de George Holmes, Lisboa, Presença, 1984 (in “Vértice”, N.º 462, Setembro/Outubro de 1984, p. 87).

Julio Rodríguez González, Diccionario de Batallas de la Historia de Roma (753 a.C. – 476 d.C.), Madrid, Signifer Libros, 2005, 738 pgs.; in “Conimbriga”, vol. XLVII, 2008 (pp. 193-194).

Adrian Goldsworthy, Generais Romanos. Os homens que construíram o Império Romano. Lisboa, A Esfera dos Livros, 2007, 543 pgs.; in “Revista de História da Sociedade e da Cultura”, 2008 (no prelo).

Traduções (somente de história medieval)

Tradução integral, a partir da respectiva edição francesa, da obra de Aron I. Gurevitch, As categorias da Cultura Medieval. Lisboa, Editorial Caminho, 1991 (392 pgs.). Esgotado.

Revisão científica da tradução Inglês-Português (preparada por Maria Ramos) da obra de Sir Peter E. Russell, A Intervenção Inglesa na Península Ibérica durante a Guerra dos Cem Anos. Lisboa, Imprensa Nacional – Cada da Moeda, 2000 (650 pgs.).

© University of Coimbra · 2009
Portugal/WEST GMT · S:
Símbolo de Acessibilidade à Web.Loja VirtualAviso LegalComentáriosContactosMapa do Sitevoltar ao topo
POS_C FEDER
Boas Praticas