Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO
Atualidade

Equipa de investigação da FMUC distinguida pela Sociedade Portuguesa de Hematologia

25 novembro
Da esquerda para a direita: Raquel Alves, Joana Jorge, Ana Bela Sarmento Ribeiro; Catarina Geraldes, Bárbara Marques; Ana Cristina Gonçalves, José Pedro Carda
Da esquerda para a direita: Raquel Alves, Joana Jorge, Ana Bela Sarmento Ribeiro; Catarina Geraldes, Bárbara Marques; Ana Cristina Gonçalves, José Pedro Carda
© Esfera de Ideias

Uma equipa de docentes e investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra foi recentemente distinguida com duas Bolsas de Investigação pela Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), durante a Reunião Anual da SPH que decorreu em Espinho. 

Um dos trabalhos de investigação distinguidos, Clinical relevance of platelets as non-invasive biomarkers in diffuse large B-cell lymphoma – A pilot study, tem como objetivo a utilização das plaquetas como fonte de biomarcadores a nível periférico em doentes com linfoma difuso de grandes células B e integra um projeto de investigação liderado pela Professora Ana Bela Sarmento Ribeiro

O segundo trabalho, Clinical implications of DNA damage repair in acute myeloid leucemia, liderado pela Professora Ana Cristina Gonçalves, visa a compreensão dos mecanismos de reparação do DNA na leucemia mieloblástica aguda.

Foi ainda distinguido, com o 1º Prémio Apresentação Oral, o trabalho  Avaliação do Potencial Terapêutico de Moduladores do NRF2 em Doentes com Leucemia Linfocítica Crónica apresentado pela Dra. Bárbara Marques, assistente convidada e aluna de doutoramento da FMUC, e interna de Hematologia do CHUC. Nesta comunicação foram apresentados os primeiros resultados de um trabalho coordenado pela Professora Ana Bela Sarmento Ribeiro, que demonstram a eficácia terapêutica de dois moduladores do NRF2 (um factor de transcrição regulador do estado redox das células), o ML385 e o Brusatol, em culturas primárias de doentes com leucemia linfocítica crónica; foi evidenciado o potencial citotóxico destes 2 novos compostos nas células neoplásicas, sendo de destacar a sua baixa toxicidade em células normais.

A Dra Bárbara Marques foi ainda galardoada com o prémio “Jovem Hematologista”.

Todos os projetos/trabalhos de investigação premiados estão a ser desenvolvidos no Laboratório de Oncobiologia e Hematologia da FMUC, inseridos no grupo de Investigação “Cell signalling, epidemiology, clinics and cancer therapy”, do iCBR/CIMAGO/FMUC, coordenado pelos Professores Ana Bela Sarmento Ribeiro e José Manuel Nascimento Costa, em estreita colaboração com o Serviço de Hematologia Clínica do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, dirigido pela Professora Catarina Geraldes, também docente da FMUC.