Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Mulheres da UC na Ciência: Bárbara Gomes

A investigadora do iCBR/CIBB e Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Bárbara Gomes, é a convidada de novembro da rubrica Mulheres da UC na Ciência.
7 novembro

“Investigadora especialista e motivada em ajudar que os desejos das pessoas se concretizem no final da vida”, é assim que Bárbara Gomes se identifica.

Especialista em cuidados paliativos da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), integra o centro de investigação Institute for Clinical and Biomedical Research (ICBR) e Center for Innovative Biomedicine and Biotechnology (CIBB) e garante que toda a investigação que faz é orientada pelo "desafio e impacto que pode ter nas pessoas com doença avançada e nos seus cuidadores".

Para o futuro, encara os estudos na área dos cuidados paliativos “com bastante otimismo”. Bárbara Gomes admite que é uma área de investigação “complexa”, mas, ao mesmo tempo, garante que “atrai diferentes áreas, como a psicologia, a medicina, enfermagem ou a ação social. E o grupo que estamos a criar na FMUC é espelho dessa interdisciplinaridade”.

------

Bárbara Gomes é especialista em cuidados paliativos e dedica-se a assegurar que os cuidados prestados no final da vida correspondem às expectativas, necessidades, preferências e prioridades das pessoas. É investigadora doutorada do iCBR (Coimbra Institute for Clinical and Biomedical Research), na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.

Licenciou-se em Psicologia e Saúde na Universidade do Porto, concluiu o Mestrado e Doutoramento em Cuidados Paliativos no King’s College London. Tem desenvolvido trabalho de investigação em projetos nacionais e internacionais, em áreas como preferências e prioridades para cuidados em fim de vida, tendências passadas e futuras no local de morte, efetividade e custo-efetividade dos cuidados paliativos domiciliários.

Atualmente lidera o Projeto EOLinPLACE, financiado pelo Conselho Europeu de Investigação, que irá conceber e testar a primeira classificação internacional de locais de morte, com base no que significam para os indivíduos.

------

UC | Ana Bartolomeu e Marta Costa