Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Há um novo investigador coordenador e cinco novos professores catedráticos na UC

9 setembro
Fotografia: © UC | Paulo Amaral
Fotografia: © UC | Paulo Amaral

Francisco Ambrósio é, a partir de 9 de setembro, o mais recente Investigador Coordenador da Universidade de Coimbra (UC). Honrado por ser “o primeiro de carreira a tomar posse na Reitoria”, o investigador da Faculdade de Medicina da UC deixou o desafio, durante a cerimónia de assinatura de contrato: “se todos nos esforçarmos para atrair financiamento competitivo, no futuro, a nossa universidade vai estar noutro patamar”.

Para além de um novo investigador coordenador, a UC tem mais cinco professores catedráticos. Uma “política de valorização que está em curso e que continuará”, garantiu o Reitor da UC, Amílcar Falcão. Na cerimónia, o responsável lembrou que ser professor catedrático “é o topo [da carreira] mas não é o final. Começam hoje novas responsabilidades”. Amílcar Falcão adiantou que “é necessário todos nos empenharmos para que a UC seja uma universidade de excelência”. Sublinhando a importância de “estarmos todos do mesmo lado”, o Reitor afirmou também que “se todos desempenharmos bem as nossas funções, a Universidade será melhor”.

Entre garantias de continuar com o mesmo empenho de sempre e o pedido “para que se continue a apostar no Colégio das Artes, para que se tenham as devidas condições”, Vítor Murtinho considera uma honra assumir a “importante e distinta posição na UC”.

“É urgente premiar a excelência, adotar medidas e incrementar a felicidade no trabalho, o gosto e orgulho de vestir a camisola da instituição”, alertou José Mendes Ferreira.

Já Rodrigo Cunha considera que ser professor catedrático é “um compromisso de fazer o que é pedido, mas fazê-lo bem. E deve ser acompanhado de excelência”.

Foi com palavras que Ana Paula Arnaut pintou a “importância do momento” que reflete “a contribuição para a construção de uma sociedade livre, justa e solidária”.

“Quando aqui entrei, como estudante, estava longe de imaginar este dia”, contou Norberto Pinto dos Santos. “Manterei no meu horizonte o contribuir para a UC e para a faculdade, nos seus três níveis de ensino”.

António Francisco Ambrósio que assinou como Investigador Coordenador é da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Como Professores Catedráticos assinaram contrato os docentes Vítor Murtinho e José Augusto Ferreira da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC, Rodrigo Cunha da FMUC, e da Faculdade de Letras assinaram Ana Paula Arnaut e Norberto Pinto dos Santos.

Marta Costa e Karine Paniza

Fotografias do evento em https://www.flickr.com/photos/73288945@N03/albums/72157710768694928