Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra conquistam o primeiro prémio da competição europeia SIMUniversity

20 junho
A equipa vencedora
A equipa vencedora
© DR

Diana Carvalho, Inês Antunes, Viktoriya Shkatova e Patrícia Vaz Conde integram a equipa vencedora da competição europeia SIMUniversity, que se realizou em Sevilha, de 15 a 17 de junho, no âmbito da 27th Annual Meeting da SESAM (Society for Simulation in Europe). Sob a orientação da Ana Sousa, médica na Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Centro Hospitalar de Coimbra, representaram Portugal nesta competição onde conquistaram o primeiro lugar. Participaram ainda equipas da Alemanha, Emirados Árabes Unidos, Marrocos, Países Baixos, Roménia e Espanha.

Durante cerca de meia hora, a equipa foi sujeita a um verdadeiro cenário de stress, num desafio que as colocava numa situação muito semelhante à vivida num ambiente de serviço de urgência, no qual simularam a intervenção num doente em estado critico. Sob o olhar crítico de um painel de júris, compostos por médicos especialistas de vários países, foram avaliadas as questões técnicas, capacidade de análise, diagnóstico, resposta a complicações médicas e toda a gestão dos procedimentos médicos, assim como da comunicação com o doente e entre a própria equipa. Viktoriya Shkatova, acredita que para o júri não terá sido uma decisão fácil: “Em termos técnicos as equipas eram todas muito boas. No nosso caso, acho que ajudou o facto de nos conhecermos muito bem e termos demonstrado ser uma equipa coesa que comunicou muito bem, com uma enorme capacidade de improviso. Enquanto futuras médicas, ao longo do nosso percurso, fomos aprendendo a importância da comunicação e a diferença que pode fazer quando se trata de salvar uma vida.”


Para Carlos Robalo Cordeiro, Diretor da Faculdade de Medicina de Coimbra, “a simulação médica é uma verdadeira revolução no ensino médico e uma forma de ajudarem os estudantes de medicina a prepararem-se a lidar com inesperadas realidades. A atenção global centrada na minimização dos erros médicos, a necessidade de garantir a segurança dos doentes e a capacidade de comunicar com equipas e com os próprios doentes, são aspectos fundamentais que poderão ser treinados em contexto de simulação. Neste sentido é muito importante promover a integração desta prática pedagógica no maior número de unidades curriculares.”

O passaporte para a final, onde as jovens se destacaram, foi alcançado após ultrapassarem vários desafios de simulação: Depois de ganharem a competição de simulação Scrub UP!, no âmbito do XI In4Med, congresso médico-científico organizado pelo Núcleo de Estudantes de Medicina da Associação Académica de Coimbra, a equipa venceu a competição de simulação SimUniversity Portugal 2022, realizada em março, no Centro de Simulação da NOVA Medical School, em Lisboa. A vitória garantiu o acesso à primeira fase da competição de simulação Europeia, SIMUniversity, que se realizou em abril, de forma remota, no Centro de Simulação CUF Academic Center, onde a equipa ficou apurada para a fase final da competição europeia, na qual arrecadaram o primeiro prémio.

Sobre a SimUniversity

Destinada a alunos do 4.º ao 6.º anos de Medicina, a SimUniversity Portugal é uma competição da Sociedade Portuguesa de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde (SPSim), para estimular o treino de competências técnicas e não-técnicas, bem como a aplicação de conhecimentos clínicos em cenários simulados.

A competição Europeia da SimUniversity é uma iniciativa SESAM (Society for Simulation in Europe) que visa levar os estudantes de saúde a participarem de uma experiência educacional formativa a nível internacional, competindo entre si em equipas, em cenários de simulação. O SimUniversity realiza-se anualmente na reunião anual do SESAM o que acaba por ser enriquecedor, na medida em que oferece aos alunos a oportunidade de apresentarem os resultados das simulações aos mais variados especialistas internacionais


MULTICOM | FMUC