Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Conferencistas Convidados

Gabriela Borges | Universidade do Algarve, Centro de Investigação em Artes e Comunicação - CIAC

Gabriela Borges é Doutorada em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com estágios de investigação na Universidade Autónoma de Barcelona, no Trinity College Dublin e no Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC) da Universidade do Algarve. É professora adjunta da Universidade do Algarve e investigadora integrada do CIAC desde 2022. Foi professora da Universidade Federal de Juiz de Fora de 2012 a 2021, tendo coordenado o Programa de Pós-Graduação em Comunicação de 2016 a 2019. É coordenadora brasileira da Rede Interinstitucional Euroamericana de Competência Midiática para a Cidadania (Alfamed), coordena o Observatório da Qualidade no Audiovisual e é editora da Revista Lumina, do PPGCOM/UFJF. Tem livros publicados na área dos estudos televisivos e publica regularmente em revistas internacionais sobre literacia mediática, séries televisivas e cultura de fãs.

.

Ignacio Aguaded Gómez | Universidade de Huelva

Ignacio Aguaded é Professor Titular de Educação para os Media e Tecnologias Aplicadas à Educação na Universidade de Huelva, em Espanha e Vice-Reitor de Tecnologias, Inovação e Qualidade na mesma universidade. Licenciado em Educação e Filologia Hispânica, possui o grau de Doutor em Psicopedagogia. É o Presidente Fundador do Comunicar – um grupo de professores e jornalistas que visa aumentar a visibilidade da educação para os media. É também editor de Revista de Investigação “Comunicar”, contribuindo regularmente para várias publicações internacionais. Liderou o Grupo de Investigação “Agora” e conduziu vários projetos de investigação relacionados com a educação para os media no âmbito de programas espanhóis e internacionais. Tem dado palestras em fóruns, conferências e universidades nacionais e internacionais, e presidiu a mais de vinte eventos científicos internacionais. É também autor e coautor de uma longa lista de livros e artigo científicos, como “Convivir con la televisión” (1999), “Tecnologías para la educación: diseño, producción y medios para la formación docente” (2003), “La Universidad y las tecnologías de la información y el conocimiento” (2009), etc.

.

Pierre Fastrez | Universidade de Lovaina

Pierre Fastrez é Investigador Associado Sénior do Fundo Nacional Belga para a Investigação Científica e Professor de Informação e Comunicação na Universidade de Lovaina. Os seus interesses iniciais de pesquisa centraram-se na influência das tecnologias de informação e comunicação nas atividades cognitivas por elas suportadas. Nos últimos dez anos, tem desenvolvido e dirigido projetos de investigação sobre literacia mediática que combinam a abordagem experimental e avaliativa, que envolve o desenvolvimento de instrumentos de avaliação baseados em testes de desempenho, e a abordagem qualitativa e interpretativa, dedicada à inferência sobre as competências de literacia mediática a partir da análise de práticas mediáticas. Dirige a revista de investigação “Recherches en Communication”. É membro do Conselho Superior de Educação para os Media na Bélgica francófona.

.

Teresa Pombo | Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté / Plano Nacional de Leitura 2027

Teresa Pombo é docente de Português no 3.º Ciclo do Ensino Básico, Mestre em Ciências da Educação na área das Tecnologias Educativas e Formadora de Docentes nas áreas de Educação para os Media e Tecnologias Educativas. Entre 2010 e agosto de 2017 colaborou a tempo parcial com a Direção-Geral da Educação onde desenvolveu diversos projetos, a nível nacional e europeu, no âmbito da integração curricular das tecnologias (projetos inGenious e CPDLab) e da educação para os media (blogues educativos e jornais escolares, co-autoria do Referencial de Educação para os Media, publicado pela DGE em 2014). Entre 2008 e o início de 2018, desenvolveu, a título pessoal, o projeto “Viagens literárias” cujo principal objetivo é providenciar aos professores apoio e desenvolvimento profissional sobre o uso de recursos educativos digitais criados com ferramentas Google (Google Earth, Google Meus Mapas, Google Tour Builder, Google Drive e Youtube). Pertence à Direção do Google Lit Trips, projeto literário reconhecido internacionalmente cujos recursos são inteiramente disponibilizados sem qualquer custo. Este projeto foi nomeado pela Asia Society como um dos vencedores do Goldman Sachs Foundation Prize for Excellence in International Education em 2008 e, em 2010, pelo Tech Museum of Innovation como um dos vencedores do Microsoft Education Award for Technology Benefitting Humanity. Em setembro de 2017, iniciou a colaboração com a Equipa do Plano Nacional de Leitura 2027 onde desenvolve as áreas das literacia digital e dos media, apresentando o projeto Roteiros Digitais de Leitura e outras iniciativas que visam a promoção da literacia digital, da leitura e a escrita com as ferramentas do século XXI.