Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

FLAD prolonga o financiamento de projecto no ICNAS.

FLAD prolonga o financiamento de um projecto que estuda o autismo usando realidade virtual e ressonância magnética funcional na pesquisa inovadora sobre uma doença que afeta milhares de famílias.
7 fevereiro
MCB
MCB
© Fernando Fontes/Global Imagens

Os méritos da investigação liderada por Miguel Castelo-Branco, da Universidade de Coimbra, levaram ao prolongamento do apoio da FLAD, com mais cem mil euros.

Trata-se de um projeto interdisciplinar e transdisciplinar (da engenharia informática à psicologia, passando pela biologia e bioquímica) em que a neurociência é utilizada, tal como "a imagem médica, a neurofisiologia, para tentar perceber os mecanismos de funcionamento do cérebro, ligados à comunicação, como o reconhecimento de expressões faciais", tentando que essa panóplia de conhecimento possa ser mais usada no quotidiano dos portadores de autismo.

Leia aqui a notícia completa.