Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Governação e Ciência nas Pescas Portuguesas

Na próxima quinta-feira, dia 26 de Setembro, pelas 18h, realiza-se no RÓMULO - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, a palestra intitulada "Governação e Ciência nas Pescas Portuguesas: do século XVIII à actualidade" com Álvaro Garrido, Professor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. A apresentação do convidado estará a cargo do Professor Carlos Fiolhais, Director do Rómulo. A entrada é livre e destinada ao público em geral, havendo lugar a diálogo entre o público e o palestrante.
7 outubro
Governação e Ciências - Pescas Portuguesas
Governação e Ciências - Pescas Portuguesas

Evento no Facebook

Portugal é um país com uma grande área marítima, das maiores da Europa, e também com uma grande tradição de aproveitamento dessa área para as pescas. Por vezes os pescadores portugueses vão fora das áreas nacionais, como é notório no caso do bacalhau. Como tem sido a governação das pescas? E a ciência das pescas? E, o que é mais interessante, como tem sido a relação entre as duas? Será que a governação ouve a ciência. Em particular, o que dizem ciência e governação sobre o excesso de pescas? Estaremos mesmo a pescar peixes demais, prejudicando a continuidade dos habitats naturais? 

Breve biografia do Orador:

Álvaro Garrido é professor associado com agregação da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Na FEUC é coordenador do grupo de História Económica e Social e coordenador da Escola de Estudos Avançados. Investigador integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20). Foi Director do Museu Marítimo de Ílhavo de 2003 a 2009.

Os temas de história e economia das pescas, do corporativismo e da economia social são centrais no seu projecto de investigação. As suas publicações dedicadas à história das pescas e da economia do mar encontram-se reunidas em livros, em artigos internacionais e capítulos de livros. Recentemente publicou os seguintes livros: A Economia Social em Movimento. Uma História das Organizações (em co-autoria com David Pereira, 2018, Tinta-da-China); Queremos uma Economia Nova! O Corporativismo Salazarista (EDIPUCRS, Brasil) e As Pescas em Portugal (Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2018). Com David Starkey, prepara um livro intitulado Too Valuable to be Lost: Overfishing in the North Atlantic since 1880, a publicar na De Gruyter Oldenbourg (Berlim).