Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Eixos Interdisciplinares

Com o objetivo de promover a interdisciplinaridade e operacionalizar as conexões entre as duas linhas temáticas e os sete grupos (e núcleos) de investigação que o estruturam, o CEIS20 assume em 2018 desenvolver quatro eixos temáticos de investigação de cariz fortemente interdisciplinar, capazes de aglutinar diferentes áreas de saber, potenciar o trabalho colaborativo e contribuir para a afirmação do Centro à escala regional, nacional e internacional. Ponderadas as temáticas onde o Centro detém um significativo património de produção e transferência de conhecimento, bem como aquelas que por deterem um carácter estratégico importa mobilizar, estes quatro eixos apresentam-se como prioritários, nomeadamente ao nível da preparação de candidaturas a projetos de diferentes instituições. Potencializando as parcerias estabelecidas através de redes de investigação e exigindo uma nova cultura de trabalho interdisciplinar, pretende-se que possibilitem, também, uma interação mais próxima com as diferentes componentes da Formação Avançada do Centro.

Eixo 1 – Desigualdades, fronteiras e mobilidades

Estudo das desigualdades e suas relações com o território, abrangendo, nomeadamente: as diferentes formas de que se revestem; as suas origens e os seus efeitos sociais e individuais; os processos discursivos, as ideologias e as representações que as acompanham e/ou legitimam; e níveis, áreas e modalidades de intervenção suscetíveis de as superar. Trata-se de um eixo estratégico em termos de candidaturas a projetos, nomeadamente no âmbito das temáticas dos territórios de passagem e refugiados.

Eixo 2 – Media e sociedade na era pós-digital

Análise crítica dos impactos, oportunidades, riscos e desafios da omnipresença das tecnologias digitais nos diferentes domínios da vida e das sociedades contemporâneas. Em particular, salientar-se-ão os processos: de produção, transmissão e consumo de informação e do conhecimento; de organização social e do território; e de construção de memória, das identidades e de representação individual e coletiva. Tudo isto num contexto em que se observam transformações radicais no campo dos media e das suas relações com os regimes políticos e os cidadãos.

Eixo 3 – Democracia, tempo presente e memória das ditaduras

Caracterização do atual sistema de relações internacionais, da situação dos regimes democráticos e de outras modalidades de organização política, assim como dos cenários de evolução futura. Contextualização da realidade atual em conjunturas anteriores, análise do legado material e imaterial das experiências autoritárias e totalitárias do século XX. Análise dos processos de transição para a democracia e análise do modo como essa memória e património foram geridos e interpretados.

Eixo 4 – Teoria em humanidades, artes, ciências sociais e tecnologias sociais

Desenvolvimento de estudos de natureza teórica e epistemológica, salientando a importância de sustentar investigação, de alto nível, no questionamento, análise e reflexão inerentes a esses mesmos estudos, consubstanciado nos objetivos delineados para a Formação Avançada(e.g. Doutoramento em Estudos Contemporâneos e Cursos de Verão),de forma a oferecer novos caminhos e discussões críticas sobre a importância do interdisciplinar e transdisciplinar no quadro das Humanidades e Ciências Sociais.