Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Ciência Aberta

A Sessão "Ciência Aberta" é uma sessão extraordinária da iniciativa Formações iiiUC - Ferramentas de apoio à Investigação e será realizada em parceria com o Projeto ReSEED e a Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC).

A formação irá decorrer em duas sessões via Zoom, a primeira a 13 de abril, terça-feira, das 14h30 às 17h, a segunda a 15 de abril, quinta-feira, à mesma hora. A formação decorrerá em português.

Será uma formação gratuita mas com número de participantes limitado a 25

A inscrição pode ser feita aqui.

Caso resulte um número de inscritos superior ao limite de participantes, será considerada a realização de uma segunda edição do curso.


RESUMO DA FORMAÇÃO

A formação Ciência Aberta: Caminhos para a Prática na UC pretende tornar maior a consciência, na comunidade UC, do contributo relevante que é a Ciência Aberta e dos compromissos que devem ser assumidos pelas instituições e pelos projetos, de acordo com as exigências dos programas de investigação e inovação da Comissão Europeia, relativos à gestão de dados durante a investigação e às condições de acesso às publicações. Tem, também, o objetivo de difundir o trabalho que já vem sendo feito na UC, com o desenvolvimento e a gestão do seu repositório institucional de acesso aberto, alinhado com as recomendações europeias e com a Política Nacional de Ciência Aberta.

A equipa de formadores é constituída por Caroline Delmazo, responsável pela comunicação e gestão do Projeto ReSEED, financiado pelo Conselho Europeu de Investigação, e Ana Miguéis, bibliotecária e coordenadora da Área de Serviços e de Sistemas de Gestão Integrada da BGUC, ambas com formação nesta área temática.

O programa é constituído por dois módulos: 

Módulo 1: Ciência Aberta - conceito, dúvidas e caminhos para a prática (Formadora: Caroline Delmazo).

Módulo 2: Estudo Geral – repositório digital de acesso aberto da UC (Formadora: Ana Miguéis). Contêm diversos momentos de interação com os formandos ao longo da sessão, uma atividade de grupo (1.º módulo) e atividades práticas individuais (2.º módulo).

Para a seleção dos 25 formandos a integrar este primeiro grupo de formação, foi definido um público-alvo constituído por estudantes de doutoramento, em que os critérios preferenciais são: a existência de bolsa da FCT, a frequência dos últimos anos do curso, a distribuição proporcional pelas unidades orgânicas/centros de investigação e cursos de doutoramento, as respostas dadas às questões abertas que seguem no questionário.