a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Arte de falar e arte de estar calado:

Augusto de Castro – Jornalismo e Diplomacia

artedefalar

Autora: Clara Isabel Serrano
Língua: Português
ISBN: 978-989-26-1161-7
ISBN Digital: 978-989-26-1158-7
DOI: https://doi.org/10.14195/978-989-26-1158-7
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra
Edição: 1.ª
Data: Maio 2017
Preço: 35,32 €
Dimensões: 160 mm x 230 mm
N.º Páginas: 408

Sinopse:

Nascido em 1883, no ano da publicação de Assim Falou Zaratustra e da morte do compositor alemão Richard Wagner, o jornalista e diplomata Augusto de Castro viria a deparar-se na vida, como o próprio afirmou mais tarde, com “deliciosas ironias”. Assim, enquanto Zaratustra pertenceu a um dos autores mais apreciados por Benito Mussolini – ditador italiano de quem Castro foi admirador confesso no decorrer das primeiras décadas do século xx e nascido, também ele, em 1883 –, já o desaparecimento do criador de Parsifal, deu o mote para um dos artigos mais nostálgicos de Augusto de Castro, que intitulou a sua penúltima obra, Há oitenta e três anos em Veneza (1966).Nesta obra propõe-se uma viagem pela vida de Augusto de Castro, figura marcante da vida diplomática, política e cultural do século XX português, que acompanhou de perto as principais mudanças vivenciadas pelo país e que privou com alguns dos principais atores políticos, económicos e culturais da cena nacional e internacional do seu tempo.

carrinhodecompras