Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

"Mundos e Fundos" na recuperação de manuscritos do património musical da Universidade de Coimbra

Universidade de Coimbra inicia recuperação de manuscritos com centenas de anos com a iniciativa do projeto Mundos e Fundos
19 fevereiro
Alguns manuscritos antes da recuperação
Alguns manuscritos antes da recuperação
© François Fernandes e Milene Santos

A Universidade de Coimbra guarda-os há centenas de anos e estão agora a ser recuperados para que possam cumprir a sua função original: transformarem-se em música e ser um património de todos. Esta é a história da nova vida dos manuscritos musicais que estão à guarda da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC).

Não é possível contar a sua história sem falar do “Mundos e Fundos – Mundos Metodológico e Interpretativo dos Fundos Musicais”, um projeto do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), que trabalha na identificação e estudo do património musical preservado em arquivos e bibliotecas (e no seu contexto cultural e literário). O “Mundos e Fundos” não esquece também a formação de pessoas capazes de trabalhar essas fontes filológica e musicalmente, tornando-as acessíveis a um público científico e artístico mais amplo. Foi através deste projeto que alguns dos manuscritos, agora em recuperação, começaram a ser trabalhados do ponto de vista musicológico, de investigação e de interpretação. Segundo Paulo Estudante, um dos coordenadores do “Mundos e Fundos” e docente da FLUC, “alguns manuscritos, seja do século XVI ou XVII, estavam a necessitar de uma intervenção urgente, pois, entre outras coisas, tinham sofrido bastante humidade e agressões e a tinta ferrogálica estava a corroer o próprio papel. Estávamos a perder notas musicais ao manusear os manuscritos”.

Continue a ler a notícia UC sobre esta iniciativa.

Conheça o projeto Mundos e Fundos – Mundos Metodológico e Interpretativo dos Fundos Musicais ou consulte a página LIPA que lhe é dedicada.