Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Uma semana para promover o acesso livre



Em 2020 a Semana Internacional do Acesso Aberto (Open Access Week) decorre de 19 a 25 de outubro, enquadrando-se numa iniciativa internacional com o objetivo de disseminar o Acesso Aberto ao conhecimento, promovida pela SPARC (Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition). 

A “Semana Internacional do Acesso Aberto” pretende fomentar a divulgação de iniciativas e projetos no domínio do acesso livre ao conhecimento, nomeadamente a disponibilização de resultados científicos/académicos em repositórios institucionais, a publicação de revistas científicas em acesso aberto, a disponibilização de recursos educativos abertos e outras iniciativas similares. Em 2020 o tema adotado é “Open with Purpose: Taking Action to Build Structural Equity and Inclusion”.

A Open Access Week é dinamizada por algumas centenas de instituições, grupos e associações de vários países, com iniciativas programadas no decurso da semana, encontrando-se a informação, relativa a este evento internacional, disponível em www.openaccessweek.org. As Universidades, Institutos Politécnicos e Centros de Investigação portugueses aderem a esta iniciativa e reconhecem no Acesso Aberto uma condição essencial para que o sistema de comunicação científica promova a eficiência e o progresso científico. Toda a informação das atividades em Portugal, onde se inclui o calendário de ações a realizar e as instituições aderentes, pode ser encontrada em www.acessolivre.pt.

Em Portugal, o Acesso Aberto à informação científica assistiu a desenvolvimentos importantes nos últimos anos, nomeadamente a alterações legislativas e à publicação da Política de Acesso Aberto da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Mais recentemente, a Ciência Aberta assumiu-se como uma oportunidade de contribuir para o desenvolvimento de uma Ciência mais aberta e partilhada e é uma prioridade para o Governo que, através da área governativa da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, definiu o compromisso da Ciência com os princípios e práticas da Ciência Aberta, através da elaboração e implementação de uma Política Nacional de Ciência Aberta.