Investigação

PROJETO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA DE VALORIZAÇÃO DO OURIÇO-DO-MAR É O GRANDE VENCEDOR DO PRÉMIO INOVAÇÃO EXPO FISH PORTUGAL

OtimO, desenvolvido pelo Laboratório MAREFOZ, da Universidade de Coimbra, foi o grande vencedor nacional na categoria "Inovação e Investigação". A atribuição do Prémio aconteceu a 16 de novembro, na sessão de encerramento da 2.ª edição da Expo Fish, uma iniciativa organizada pela Docapesca, que teve lugar no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões. O ALGADEPUR foi também um dos projetos finalistas na corrida a este Prémio.

21 novembro, 2022≈ 3 mins de leitura

A 2.ª edição da Expo Fish teve como principal objetivo contribuir para a internacionalização e promoção das atividades ligadas ao sector da pesca e da comercialização de pescado, bem como atividades ligadas ao setor. A iniciativa contou com a presença de 85 importadores, oriundos de 37 mercados internacionais, e com a realização de 240 reuniões B2B.

A edição deste ano integrou a novidade do Prémio Inovação Expo Fish Portugal, sob o mote «Inovação e investigação ligada ao setor alimentar do mar», um concurso de ideias, aberto a estudantes do ensino superior e start-ups.

A sessão de atribuição dos prémios contou com a presença da Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, que entregou as distinções aos vencedores.

O projeto “OtimO – Otimização dos processos de produção de Ouriço-do-mar”, centrado no desenvolvimento e validação de um modelo inovador de produção aquícola de ouriço-do-mar, foi galardoado e sagrou-se o grande vencedor da 1.ª edição do Prémio Inovação Expo Fish Portugal, na categoria de" Inovação e Investigação".

Também o projeto “ALGADEPUR - Aquicultura Multi-trófica Integrada como veículo de sustentabilidade: Utilização de macroalgas para depuração de efluentes” esteve na corrida, tendo sido classificado como finalista do Prémio Inovação ExpoFish.

Ambos os projetos, integram a Estratégia UC MAR e foram cofinanciados pelo MAR 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEAMP – Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas, no âmbito da Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária, DLBC/Costeiro – Pescas Mondego Mar, gerida pela AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego.

Para ficar a conhecer melhor, estes e outros projetos, desenvolvidos pelo Laboratório MAREFOZ ou por outro Centro de I&D da Universidade de Coimbra, no âmbito da estratégia UC MAR, clique aqui.

Partilhe