/ ÁREAS DO SABER

ECONOMIA

A pandemia fez parar o mundo. O embate económico foi brutal. No entanto o impacto não foi igual em todas as economias. Que indicadores económicos podemos usar para analisar esta situação? Que empresas não sobrevivem? Quais os setores de atividade mais afetados? Como é que a Europa se uniu para responder à crise económica?

Vem daí procurar as respostas a estas (e outras) perguntas.

QUERO CANDIDATAR-ME

Programa

  • Dia 25 de julho

As regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC), que impõem limites ao défice e à dívida pública, foram suspensas para permitir que os Estados-membros da União Europeia tivessem a flexibilidade orçamental necessária para fazer face ao impacto económico da pandemia. Mas, previsivelmente em 2023, estas regras voltarão a vigorar, o que é particularmente preocupante para países com uma dívida pública muito elevada, como Portugal.

Nesta sessão vais compreender o que é o PEC e como limita o uso ativo da política orçamental em cenários recessivos com a ajuda de um jogo de simulação da política orçamental.

  • Dia 26 de julho

As crises ocorrem em todas as economias, repetindo-se com uma certa regularidade. Com intervalos de alguns anos, criam a ilusão de que todas as crises são diferentes — a síndrome de “desta vez é diferente”. Contudo, as crises raramente são eventos económicos únicos, apresentando, pelo contrário, muitas semelhanças. Numa perspetiva empresarial, quais as diferenças e as semelhanças entre a crise de 2008–2013 e a crise pandémica COVID-19? Que empresas não sobreviveram? Haverá empresas vencedoras? Os setores de atividade foram afetados de igual modo?

Nesta oficina serás desafiado/a a encontrar respostas a estas questões.

  • Dia 27 de julho

Quais as economias europeias mais afetadas pela pandemia? E quais os setores da atividade económica mais afetados? De que forma a especialização setorial de cada país ajuda a perceber o maior ou menor impacto da pandemia em diferentes economias?

Nesta sessão irás consultar bases de dados para construir indicadores de caracterização do impacto da pandemia nos diferentes países da União Europeia tendo em conta a sua especialização setorial.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO