Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Comunidade UC é convidada a participar da Recomendação da UNESCO para a Ciência Aberta

Contribuições podem ser enviadas até 15 de dezembro
18 novembro
Ciência Aberta na UNESCO
Ciência Aberta na UNESCO

Na sequência de uma ampla consulta global, a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educacão, a Ciência e a Cultura) acaba de submeter o primeiro rascunho de sua futura Recomendação sobre Ciência Aberta a seus 193 Estados Membros. O primeiro esboço da Recomendação foi desenvolvido com base numa variedade de perspetivas, propostas e expectativas, emergentes tanto de uma pesquisa global quanto de uma série de consultas regionais e temáticas com atores da Ciência Aberta de todo o mundo. 

A recomendação está disponível para leitura através deste link e está a receber contribuições e comentários da comunidade global. A Universidade de Coimbra vai reunir recomendações da sua comunidade para contribuir para essa primeira versão, que será novamente discutida e revista pelos Estados membros para publicação de uma segunda versão em março de 2021. Por isso, a UC convida  todas e todos a contribuírem com comentários, enviando, até ao dia 15 de dezembro, sugestões através do e-mail imprensa.media@uc.pt. O assunto do email deve ser "UNESCO Recommendation on Open Science", e os comentários podem ser enviados em inglês ou português. 

Após esse prazo, a Universidade enviará à UNESCO um documento representando as contribuições de sua comunidade académica. A participação neste momento simboliza o potencial de cooperação desejado e promovido pela Ciência Aberta globalmente. 

A UNESCO, enquanto agência das Nações Unidas voltada para a Ciência, posiciona-se como a organização global legitimada para construir uma visão coerente da Ciência Aberta e um conjunto compartilhado de princípios e valores. A Recomendação pretende definir valores e princípios compartilhados para a Ciência Aberta, identificando medidas concretas para o Acesso Aberto e os Dados Abertos, com propostas para trazer os cidadãos para mais perto da ciência e para compromissos que facilitem a produção e a disseminação do conhecimento científico por todo o mundo. As recomendações da UNESCO são instrumentos legais formulados em suas conferências gerais com o intuito de estabelecer normas e princípios de regulação internacional em questões particulares. Elas também pretendem influenciar o desenvolvimento de práticas e leis nacionais. 

A tarefa de criar uma Recomendação para a Ciência Aberta na UNESCO surgiu em sua 40a Conferência Geral, onde os 193 Estados-membros se comprometeram com o desenvolvimento deste instrumento de definição de padrões. A Universidade de Coimbra tem papel ativo diretamente nesta tarefa, por meio do Vice-Reitor para Cultura e Ciência Aberta, Delfim Leão, que é um dos representantes do grupo da Europa Ocidental e América do Norte no Comitê Consultivo da UNESCO para a Ciência Aberta. 

Após a distribuição do segundo rascunho da Recomendação em março de 2021, o texto final deverá ser adotado na próxima Conferência Geral da UNESCO, em novembro de 2021. 

Saiba mais sobre a visão da UNESCO sobre a Ciência Aberta: https://en.unesco.org/science-sustainable-future/open-science


| Faça parte | 

1) Leia aqui o primeiro rascunho da Recomendação da UNESCO para a Ciência Aberta (em inglês). Para aceder às versões em francês, espanhol, árabe e chinês: clique aqui (links disponíveis abaixo do texto). 

2) Envie comentários e sugestões para o e-mail imprensa.media@uc.pt - até 15 de dezembro de 2020.