Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

XXIV SEMANA CULTURAL DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

1 a 15 de março de 2022 | Tempo

A relação com o Tempo é um dos grandes signos portadores de sentido, por iluminar a compreensão da existência pessoal e a sua inserção no devir cósmico, por tornar mais premente a consciência incontornável da humana efemeridade, mas também por instilar no espírito a inquietação necessária à busca da eternidade.  

Ao eleger o Tempo como tema da XXIV Semana Cultural, procura-se convocar a sua ação e a sua força pendulares: o Tempo e as fases da vida; a memória coletiva e o Tempo pretérito comum; o Tempo presente e os desafios que coloca ao ímpeto criador, para que o Tempo futuro seja marcado pela confiança num Tempo melhor. Não apenas o ‘Tempo cronológico’ (chronos), que deixa um traço indelével de ‘Tempo escultor’ (monumentum), mas também o ‘Tempo oportuno’ (kairos) que marca o discernimento para agir no momento certo, pela causa mais justa.

O ano de 2022 será assinalado por marcos temporais de profundo significado para a história da UC e para a sua projeção lusófona: entre outros, os 250 anos da Reforma Pombalina, os 200 anos da proclamação da Independência do Brasil, os 20 anos da independência de Timor. Será também, segundo se espera, o Tempo da pós-pandemia e o Tempo da expectativa na renovação criadora.

O ano de 2022 será, por isso, o nosso Tempo e o momento de construirmos um futuro Tempo melhor: com arte, com intelecto, com paixão, com a serena esperança da eternidade.

PROGRAMAÇÃO XXIV SEMANA CULTURAL DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

A Semana Cultural da Universidade de Coimbra ramifica em várias direções a celebração do Dia da Universidade, que todos os anos se comemora a 1 de março. Pretende, essencialmente, dar a conhecer ao exterior as múltiplas atividades desenvolvidas na Universidade de Coimbra, integrando-as numa convocação comum e conjugando-as com uma programação diversificada em várias áreas culturais. [ver mais]