Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

'Natal Verde: 30 anos de postais de Jorge Paiva' premiado em concurso internacional

Projeto recebe menção honrosa no concurso internacional Ciencia en Acción e IUC disponibiliza obra em acesso aberto.
21 agosto
Fotografia da capa do livro Natal Verde - 30 anos de postais de Jorge Paiva
Fotografia da capa do livro Natal Verde - 30 anos de postais de Jorge Paiva

O livro de postais do biólogo e investigador Jorge Paiva 'Natal Verde: 30 anos de postais de Jorge Paiva' recebeu menção honrosa no prémio internacional Ciência en Acción, em Barcelona. O projeto do livro foi organizado pelo Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra em parceria com a Ordem dos Biólogos e editado pela Imprensa da Universidade de Coimbra. A distinção no concurso, anunciada no mês de julho, foi atribuída por unanimidade. 

O livro, publicado em dezembro de 2019, reúne a coleção de postais de Natal que Jorge Paiva publica e distribui um pouco por todo o mundo, desde 1990. Há, portanto, 30 anos que o investigador deixa alertas e lança reptos com os seus postais de Natal de natureza ecológica. Como escreve no prefácio da obra o vice-reitor para a Inovação e Empreendedorismo da UC, Luís Simões da Silva, os postais de Natal do investigador "têm contribuído em muito para a manutenção dos laços de milhares de antigos alunos da Universidade de Coimbra com o local onde se formaram". Além disso, o vice-reitor encara a edição como ferramenta de trabalho educacional e aprofundamento coletivo da consciência cívica, "sobre a importância de preservar e de viver em harmonia neste planeta que é o nosso: a Terra". 

Paulo Renato Trincão introduz a obra lembrando o cuidado de Paiva com a criação dos postais anualmente: "é com imaginação, carinho e muito trabalho que, desde há 30 anos, quando o verão chega ao fim, começa a pensar o seu próximo postal de Natal". As fotografias, como indicado no livro, são retiradas do acervo do próprio autor, ao lado de textos "profundamente atuais e interventivos", onde Jorge Paiva expõe as preocupações sobre os diversos problemas ambientais. 

Os postais chegam a aproximadamente três mil pessoas por ano - enviados cuidadosamente por Paiva, e sempre que possível entregues em mão - e a ideia, com a edição do livro, foi ampliar esse espectro, principalmente no intuito de que os postais cheguem a mais professores. Além da íntegra dos textos e fotografias dos postais enviados por Paiva a locais em todo o mundo desde 1990, o livro traz uma entrevista com o autor, ao final: "Não vamos conseguir sobreviver na terra sem a floresta". 

Além de estar à venda no Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra, na esteira da premiação o livro foi disponibilizado recentemente pela IUC em acesso aberto, em PDF: https://doi.org/10.14195/978-989-26-1912-5.  

A obra foi coordenada por Paulo Renato Trincão, Lídia Pereira e Ana Rita Paiva.