Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Doutorando da Iniciativa Energia para a Sustentabilidade obtém segundo lugar em programa desenvolvido pelo European Institute of Innovation and Technology (EIT) - Food.

13 novembro

Fernando Caixeta Lisboa, doutorando do programa Sistemas Sustentáveis de Energia, da iniciativa Energia para a sustentabilidade, obteve segundo lugar (prêmio de €2500,00) no Global Food Venture Programme, promovido pelo European Institute of Innovation and Technology (EIT) - Food, com o projeto WEF (Water-Energy-Food) Agro tool.

O Global Food Venture Programme objetiva oferecer formações e ideias para um ecosistema de inovaçao e parcerias com foco nas áreas de transformaçao de alimentos e agricultura pela Europa. Neste ano, em Junho, o programa iniciou-se em uma summer school em Madrid - Espanha. Em Julho, realizou-se um pré-incubation bootcamp em Lausanne - Suiça. Em Outubro contou-se com um International Bootcamp, promovido em San Francisco - nos Estados Unidos. Tendo o seu término no Global Food Venture Final Pitch Event em novembro na cidade de Lisboa. 

O projeto WEFAgro tool, deriva do projeto de doutoramento orientado pelos professores Pedro Saraiva e Fausto Freire e objetiva a construção duma plataforma para a Sustentabilidade e Eficiência no sistema de Gestão da qualidade para empresas agroindustriais. Através do uso de sistemas de Inteligência de Negócios e Inteligência Artificial, a plataforma permitirá o diagnóstico e sugestões para o aumento da sustentabilidade dos processos de transformação produtiva, propondo a redução dos consumos de água e energia, bem como promovendo a diminuição do desperdicio de matérias primas agroindustrias.

A ideia de negócios contou com o apoio inicial do International Workshop on Innovating promovido pelo programa MIT Portugal em Junho de 2018 no Instituto de Tecnologia de Massachusetts e do programa acelerador de ideias de negócios Explorer, integrado à Universidade de Coimbra, durante o meses de Fevereiro a Julho de 2019. Atualmente, encontra-se incubado no HIESE - Habitat de Inovação Empresarial nos Sectores Estratégicos em Penela (incubadora de base rural gerida pelo IPN - Instituto Pedro Nunes) e encontra-se apoiada pelo projecto CETEIS - Centros Transfronteiriços de Apoio ao Empreendedor Inovador e conta ainda com o financiamento e apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico (CNPq) do Brasil.