Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

III Colóquio Internacional em Didática e Ensino: "Reflexões Pedagógicas: da Teoria à Prática"

AVISO

Em consequência do prolongamento incerto dos efeitos da pandemia COVID-19, a Comissão Organizadora do III Colóquio Internacional em Didática e Ensino, previsto para 10 e 11 de julho 2020, decidiu adiar o evento para 2021, em data a definir posteriormente.

O Colóquio

O III Colóquio Internacional em Didática e Ensino, cruzando as fronteiras que atravessam as ciências sociais - as Línguas, a História, a Geografia ou a Filosofia -, com o objetivo de responder aos desafios atuais nas áreas da didática e do ensino, propõe-se tratar três vetores essenciais, a saber, a Supervisão, a Flexibilidade e a Avaliação.

Com a reflexão sobre a prática da Supervisão no quadro da Formação Inicial de Professores, pretende-se incentivar uma supervisão fomentadora da escola reflexiva. Neste contexto importa desde logo discutir a prática, os conteúdos e os resultados dos portfólios de desenvolvimento (profissionalidade em construção) na elaboração do auto e hetero-conhecimento profissional; importa também aferir o potencial formativo que os relatórios indiciam sobre a possibilidade de neles se identificarem outros modos de acompanhar a sua produção.

Quanto ao eixo temático da Flexibilidade, os trabalhos centrar-se-ão na reflexão sobre questões como a flexibilidade cognitiva (Orega e Moreira, 2009) e a sua relação com a flexibilidade curricular. Que planos de estudo estabelecer? Com que grau de flexibilidade? E face aos conhecimentos considerados como essenciais em cada domínio, em cada matéria, como “acomodar” a flexibilidade? Pôr-se-á a questão diferentemente para os diversos níveis de ensino? O que se pode hoje afirmar como “certo” (Nó e Ortega, 2019) neste domínio? Um professor “flexível” motiva e torna os alunos mais autónomos? Flexibilidade, desenvolvimento, memória e motivação: que relação?

As práticas de Avaliação têm sido muito orientadas, segundo os objetivos de aprendizagens, para a atribuição de classificações. A investigação sobre avaliação tem dado atenção ao contributo da avaliação formativa no ensino e aprendizagem. Que perceções têm os/as professores/as sobre os diversos modelos de avaliação? Que contextos facilitam e/ou dificultam a realização da avaliação formativa? Nesta linha temática, pretende-se contribuir para uma discussão teórica e prática sobre práticas de avaliação situadas nos diversos níveis de ensino escolar.Assim, convida-se a comunidade científica a apresentar propostas de comunicações subordinadas aos eixos temáticos do Colóquio, de acordo com as datas de submissão de propostas e o calendário de inscrição.

Eixos temáticos

O Colóquio incluirá conferências e comunicações subordinadas aos seguintes eixos temáticos:

· Supervisão.

· Flexibilidade.

· Avaliação.

Línguas de trabalho

As línguas de trabalho: Português, Espanhol, Francês e Inglês.

Circular

2.ª Circular (PT)/ 2nd Circular (EN)