a carregar...

FLUC

Secção de Informação

2º Ciclo em CI

- Ciência da Informação

Diretora: Profª Doutora Maria Manuel Borges

CANDIDATURAS: QUESTÕES FREQUENTES

Objetivos e estrutura curricular:

O Mestrado em Ciência da Informação, sendo de fileira, visa permitir um aprofundamento experimental, teórico e crítico dos conhecimentos lecionados no 1º ciclo, procurando igualmente responder às necessidades de formação de acordo com as exigências de formação da Sociedade da Informação. Pretende-se, assim, com o presente ciclo de estudos:

- Promover a formação e investigação avançadas na área científica da Ciência da Informação a nível especializado;
- Preparar profissionais, peritos, docentes, investigadores e especialistas altamente qualificados;
- Preparar candidatos a um terceiro ciclo de estudos (doutoramento);

- Promover o conhecimento crítico do quadro histórico, ético e deontológico da profissão.
- Preparar para o domínio das problemáticas ligadas à Sociedade de Informação;
- Fomentar a aquisição de uma sólida cultura assente nos valores humanísticos da responsabilidade e da participação na vida pública.

Plano de estudos
Regime de estudo:

Este 2º ciclo funciona em modalidade b-learning.

Cronograma de funcionamento
Dia de funcionamento previsto para aulas presenciais e síncronas:

Quinta ou Sexta-feira.

Duração:

2 anos (quatro semestres).

Créditos ECTS:

120.

Condições de acesso:

Podem candidatar-se ao Mestrado em Ciência da Informação:

1— Titulares do grau de licenciado em Ciência da Informação Arquivística e Biblioteconómica ou Ciência da Informação;

2 — Titulares do grau de licenciado, ou equivalente legal, em especialidades consideradas adequadas à frequência de um curso de Mestrado em Ciência da Informação. O reconhecimento da pertinência da adequação compete ao conselho científico da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra;

3 — Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo conselho científico da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, bem como considerado adequado à frequência de um curso de Mestrado em Ciência da Informação;

4 — Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo conselho científico da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Nº de vagas: 

20, sendo garantida aos alunos licenciados em Ciência da Informação, Arquivística e Biblioteconómica pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, nos termos do Regulamento Académico da Universidade de Coimbra (artº 41, nº3).

Qualificação atribuída:

Mestre.

Requisitos para Obtenção da Qualificação:

Para obter o grau de Mestre é necessário que o aluno cumpra os 120 ECTS previstos que respeitam à parte curricular (60 ECTS), seminário de acompanhamento (12 ECTS) e dissertação ou trabalho de projeto (48 ECTS).

Acesso a um Nível de Estudos Superior: 

Estudos de terceiro ciclo (Doutoramento).

Estágio

Apesar de não se considerar o estágio curricular na presente proposta, os alunos podem usufruir de um conjunto amplo de instituições nas quais podem adquirir prática profissional, incluindo um conjunto significativo das unidades orgânicas da UC, particularmente o vasto e rico conjunto das suas bibliotecas. A Biblioteca Geral, as bibliotecas das Faculdades e dos Centros de Investigação disponibilizam através do OPAC, o acesso a mais de um milhão de registos, para além da Biblioteca Digital e do Estudo Geral, o repositório da UC. Também o Arquivo da UC, bem como outros serviços da universidade como, por exemplo, o Serviço Integrado de Bibliotecas da Universidade de Coimbra (SIBUC) ou a Imprensa da UC, são entidades que recebem regularmente os alunos de Ciência da Informação. Nestas, como noutras entidades, os alunos podem desenvolver as suas competências, quer no âmbito dos diferentes projetos em curso, quer pela integração nas atividades regulares das organizações.

Enquadramento legal de qualificação

Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, com as posteriores alterações, Portaria n.º. 782/2009, de 23 de julho.

Saídas profissionais:

Para além de poder exercer funções como Bibliotecário, Arquivista,  Gestor de Conteúdos, Professor (Ensino Superior), Investigador, Quadro Superior da Administração Pública e Empresas, será também capaz de orientar bibliotecários, arquivistas e outros profissionais de informação no aprofundamento em gestão do conhecimento nas organizações, na organização e integração de informação e no planeamento de serviços e sistemas de publicação de coleções digitais.

Dissertações (concluídas e em curso)
Projetos desenvolvidos
Testemunhos