Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

“Procura de vida em Marte: passado, presente e futuro” com Zita Martins

9 abril, 2019
Procura de vida em Marte: passado, presente e futuro
Procura de vida em Marte: passado, presente e futuro

Na próxima 4ª feira, dia 24 de Abril de 2019, realiza-se no RÓMULO - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra a palestra "Procura de vida em Marte: passado, presente e futuro”, a 10ª do ciclo "Ciência às Seis!" 3
A oradora é a astrobióloga Zita Martins, co-directora nacional do programa MIT Portugal.

RESUMO DA PALESTRA  
A missão espacial Viking da NASA pousou em Marte em 1976. Esta foi a primeira vez que uma missão espacial: i) procurou por vida extraterrestre, ii) pousou com sucesso em Marte e cumpriu os seus objetivos, e iii) enviou imagens (a preto e branco, e também a cores) de Marte. No entanto, nenhuma forma de vida extraterrestre foi detetada no Planeta Vermelho. A comunidade científica não desistiu e, desde então, Marte tem sido visitado por várias missões espaciais (em órbita e à superfície). Embora ainda não se tenha detetado vida extraterrestre em Marte (ou em qualquer outro lugar do sistema solar), resultados recentes tentam dar resposta a esta questão. Nomeadamente, a potencial presença de metano na atmosfera de Marte tem sido objeto de uma longa discussão na comunidade científica. A sua origem pode ser devido a um processo biológico, ou a um processo geológico chamado de serpentinização. No início de abril uma equipa de cientista, utilizando instrumentos a bordo da missão espacial Mars Express mostraram que o metano anteriormente detetado na atmosfera poderá ter sido libertado através de uma fratura localizada numa camada de gelo na superfície de Marte, tendo uma origem geológica. Contudo, uma semana depois a equipa do Trace Gas Orbiter (TGO) da missão espacial ExoMars publicou um artigo em que metano não foi detetado na atmosfera. Nesta palestra iremos discutir todos estes resultados (incluindo a aparente contradição relacionada com a presença e origem do metano), assim como os próximos passos na exploração do Planeta Vermelho. 


Cartaz
ENTRADA LIVRE   
Público-alvo: Público em geral