Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Camões, ciência e musicologia

GRUPOS DE TRABALHO

|

Hermenêutica musicológica de Camões

Investigador Responsável: Maria do Amparo Carvas Monteiro

A musicalidade da poesia de Camões, expressa na variedade de composições musicais feitas sobre os motes e as glosas camonianas ao longo destes quase cinco séculos, pode ser um material potenciador do enriquecimento intercultural, por exemplo, no ensino-aprendizagem da LP e da LE, através da canção (contexto pedagógico e necessidades do público-alvo), possibilitando a abordagem cultural e contribuindo para o desenvolvimento de diferentes atividades (como a leitura, a compreensão e a expressão oral e escrita).

Peças musicais que se compunham e tangiam no tempo de Camões refletem o contexto religioso e social que influenciaram o nosso Poeta Maior. Concomitantemente, proliferam músicas nossas contemporâneas sobre poemas camonianos.

Nesta perspetiva, esta área de investigação do CIEC visa desenvolver em torno da musicalidade de Camões um instrumento pedagógico singular, cuja verdadeira originalidade será o mecanismo transmissor feito através de uma caixa de música, pois o emprego da eletrónica trouxe novas possibilidades, ao mesmo tempo que alargou o seu domínio, introduzindo inúmeras novidades que oferecem ao homem moderno um novo mundo sonoro.

Adicionalmente, novas ferramentas de Inteligência Artificial, incluindo as que dispõem de interfaces em linguagem natural, potenciam o aprofundamento e a descoberta de novas leituras e de novas visões sobre a temática em apreço. Este é um novo tempo de novas vertentes de investigação sobre a “Hermenêutica musicológica de Camões” que até há pouco apenas faziam parte da ficção.